Cultura

Ondjaki lança em Toronto a versão em língua inglesa

O escritor Ndalu de Almeida “Ondjaki” apresentou em Toronto, Canadá, a versão inglesa da sua obra “Avó Dezanove e o Segredo dos Soviéticos”.
A sessão realizou-se durante a edição de 2014 do Festival Internacional de Autores (IFOA, sigla em inglês), promovido anualmente desde 1974 naquela cidade, pela divisão de artes e literatura do Centro Harboufront.

Escritor (à direita) apresentou a versão inglesa de uma das suas obras literárias em Toronto
Fotografia: Kindala Manuel

Juntamente com outros autores, Ondjaki leu alguns trechos deste seu mais recente trabalho e respondeu a algumas questões postas tanto pela audiência como pela moderadora do debate, a escritora canadiana Grace O’Connell.
De acordo com a organização, a escolha do escritor angolano deveu-se ao prestígio internacional de que goza, ao facto de ter sido considerado o melhor escritor africano em 2012 pelo jornal britânico “The Guardian” e por ter ganho, em 2013, o Prémio de Literatura José Saramago.
O seu romance “Avó Dezanove e o Segredo dos Soviéticos” foi finalista, em 2010, do Prémio de São Paulo de Literatura, que distingue as melhores obras do ano.
A escritora canadiana Miriam Toews, vencedora do galardão do Governador-geral em 2014 e finalista do Prémio Giller, apresentou o seu mais recente livro, “All My Puny Sorrows” (Todas as Minhas Dores Insignificantes).
A autora britânica Evie Wyld, vencedora do Prémio John Llewellyn Rhys, deliciou os presentes com a leitura do seu segundo romance, “All the Birds Singing” (Todas as Aves a Cantar).
Durante a sua estadia no Canada, Ondjaki participa num debate literário promovido no âmbito das festividades do dia da Língua Portuguesa em Montreal.
O escritor já tinha estado no Canadá em 2008, para o lançamento da versão inglesa de “Bom Dia Camarada”, cuja tradução foi patrocinada pelo canadiano Stephen Henighan.

Tempo

Multimédia