Reforçado compromisso com a leitura


28 de Junho, 2016

Fotografia: Paulino Damião

O Movimento Lev’arte pretende reforçar as parcerias com instituições públicas e privadas nacionais com o intuito de alargar as suas acções a todos os bairros das 18 províncias, incentivando as comunidades a uma prática constante de leitura.

Essa intenção foi manifestada sábado, no Lubango, capital da Huíla, pelo presidente do Lev’arte, Kardo Bestilo, à margem do V encontro nacional da referida organização cultural.
O compromisso, segundo Kardo Bestilo, é fortalecer o intercâmbio com os parceiros existentes, no sentido de levar o livro às comunidades em todo o território nacional, com base no lema do V encontro nacional “Levar conhecimento às comunidades”, que decorreu na Mediateca do Lubango.
“Divulgar cada vez mais as obras literárias de escritores nacionais e não só, bem como incentivar os jovens a enveredarem no mundo da literatura, por ser um lugar especial de aprendizagem e, com isso, contribuírem para a diversificação da economia do país, são os nossos objectivos”, disse.
Na sua opinião, com esse passo, o Lev’arte pode ajudar os jovens a afastarem-se de práticas nefastas. “Começamos a fortalecer parcerias com algumas organizações e editoras nacionais para a realização de seminário nas Mediatecas, além da aquisição de mais livros.”
Durante o V encontro nacional, os participantes abordaram “A arte como instrumento de humanização”, “A essência levartiana”, “A comunicação como elemento fundamental de sucesso das organizações”, “Que mudança precisa o movimento Lev\'arte”, “Como ser um movimento inovador”, “Os desafios da crise no fazer acontecer” e “O estado operacional de cada núcleo e o papel dos eventos ciclos na manutenção do Lev’arte.”
Participaram 120 delegados, dos 150 previstos, afectos ao Movimento Lev\'arte provenientes de 16 províncias, com a ausência do Cuanza Sul e do Zaire. Estiveram ainda representantes da Namíbia e do Brasil, países em que o Lev\'arte tem núcleos.
 O Movimento Lev’arte é uma organização artística e filantrópica de âmbito nacional, que tem como objectivo incentivar o gosto pela leitura na população e promover o intercâmbio cultural, entre outras actividades do sector. A organização, fundada em 2006, controla mais de 11 mil membros, dos quais 143 na província da Huíla.

Oferta de livros

Um conjunto de 500 obras literárias da autoria de escritores nacionais e estrangeiros foi oferecido, ontem, à escola do I ciclo nº 371, no bairro do Tchioco, cidade do Lubango, pelo Movimento Lev’arte. Kardo Bestilo, que procedeu à entrega, afirmou tratar-se de uma acção que tem como objectivo reforçar o acervo bibliográfico daquela escola da província da Huíla, incentivando os alunos à prática de leitura.
Em declarações à Angop, Kardo Bestilo referiu que os alunos, bem como os professores, vão ter agora mais uma oportunidade para obter conhecimentos  sobre diversos aspectos da cultura nacional e universal, através da leitura.
Por seu turno, o director da escola, Miguel Alexandre, manifestou-se satisfeito com a iniciativa e aproveitou apelar para que outras organizações realizem acções semelhantes às do Lev’arte.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA