Venda de livros cresce no Brasil


26 de Julho, 2014

Fotografia: DR

As vendas de livros no Brasil cresceram 4,13 por cento em 2013 e atingiram 279,66 milhões de exemplares, 1,3 por habitante, segundo um estudo publicado quarta-feira pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e Câmara Brasileira do Livro (CBL).

O estudo afirmou que as vendas directas ao governo brasileiro, que adquire exemplares para os seus programas educativos, subiram para 200,3 milhões de unidades, um aumento de 20,41 por cento em relação a 2012.
O total de títulos vendido pelas editoras, somando as compras do governo brasileiro e do mercado, ascendeu a 479,96 milhões de livros. O rendimento das editoras com a venda de livros, somando as vendas ao mercado e ao governo, subiu 7,52 por cento, segundo o estudo, elaborado com dados oficiais e de 217 editoras, o equivalente a 72 por cento das existentes no Brasil.
O segmento de livros electrónicos aumentou as suas vendas 225,13 por cento, mas continuou a ter desempenho menor, com 889.146 exemplares comercializados, o que representa 0,31 por cento do total das vendas.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA