Cultura

Vida e obra de Agostinho Neto é referência para os jovens

A vida e obra do primeiro Chefe de Estado angolano, Agostinho Neto, continua a ser uma referência obrigatória para todas as gerações, por ter contribuído para apelar ao povo contra a dominação colonial, disse na terça-feira, em Luanda, o escritor José Luís Mendonça.

Durante a palestra sobre “os novos intelectuais de Angola e o paradigma do Estado da Nação”, realizada no Camões - Centro Cultural Português, o escritor e jornalista angolano explicou que, actualmente, a trajectória do “poeta maior”, enquanto estadista, médico e homem de cultura, tem servido como fonte de inspiração para a nova geração de autores nacionais.

Tempo

Multimédia