Lulas da Paixão é homenageado

Manuel Albano |
16 de Setembro, 2014

Fotografia: Cedida pelo autor |

O músico Lulas da Paixão considerou, no domingo, em Luanda, essencial existir uma aposta mais forte nos programas de divulgação cultural, em especial aqueles que já têm um nome no mercado e ajudam a promover os artistas nacionais.

Para o músico, os projectos culturais devem ser fontes de promoção e divulgação das artes, mas, “infelizmente, duram muito pouco”. “Alguns deles chegam a ter muito protagonismo, porém, passado anos, acabam por desaparecer e deixar a maioria dos músicos sem um espaço de promoção”, destacou.
O artista, que foi homenageado em mais uma edição do projecto “Em Defesa do Semba”, realizado no complexo Muximangola, em Luanda, pelo seu empenho na preservação e divulgação do semba, considerou importante haver mais iniciativas de reconhecimento pela actividade de alguns cantores.
“Actos como este ajudam os artistas a terem mais determinação e interesse em promover a arte”, disse.
Lulas da Paixão considerou um privilégio pertencer a geração que ajudou a fomentar a história da música urbana.
O músico reconheceu que estão a surgir, nos últimos anos, bons intérpretes, referindo-se, sobretudo, à nova geração, que carece de apoio para divulgar os seus projectos artísticos. O homenageado recebeu do ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, um Diploma de Mérito e 250 mil kwanzas.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA