Maior intercâmbio no teatro

Roque Silva |
23 de Dezembro, 2014

Fotografia: Divulgação

O Centro Cultural Agostinho Neto, no Bairro Operário, em Luanda, acolhe desde ontem, uma jornada de teatro, com a finalidade de criar maior aproximação entre as companhias do género do Sambizanga.

A iniciativa do Colectivo Odete Tavares encerra sábado e segundo o coordenador visa criar um intercâmbio entre os grupos da nova geração e com vista a massificar a arte de representar no Distrito Urbano do Sambizanga.
Francisco Júnior disse ainda que a jornada é realizada em resposta à exclusão de alguns grupos do Sambizanga por altura dos festivais de teatro. “Geralmente, os grupos mais novos preferem ficar longe destes festivais, por receio. Esta actividade é assim uma oportunidades para mostrarem os seus talentos e trocarem experiência com outros grupos”, referiu.
Outro objectivo da jornada é a comemorar o oitavo aniversário do Colectivo de Teatro Odete Tavares, assinalado hoje. A ideia, acrescentou, era fazer um festival abrangente, mas a desistência de alguns grupos e as más condições técnicas limitaram a actividade. No festival, participam os grupos Xia Oluali, Dentes, Anangola, Anamanda, EK e Odete Tavares, de Luanda. Do Cuando Cubango veio o grupo Estrelas ao Palco. O grupo Estrelas ao Palco abriu ontem o festival com a peça “Reflexos da Vida”. Depois o colectivo Xia Oluali apresentou “Rainha Africana”.
O grupo de teatro Dentes exibe hoje, às 19h30, a peça “Os que partiram”, e o Anangola apresenta, às 20h30, o drama “Bom dia amor tudo acabou”. A jornada encerra sexta-feira com os espectáculos do grupo Anamanda, às 19h30, e do E K, às 20h30.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA