Cultura

Makas conjugais levadas ao palco

Manuel Albano

O grupo Amor à Arte apresenta hoje, a partir das 20h00, na Liga Africana, em Luanda, o espectáculo dramático “Distância não é Barreira”, no programa do Circuito Internacional de Teatro (CIT), cujo encerramento está previsto para 16 de Setembro.

Fotografia: DR

A proposta cénica do Amor à Arte narra a vida de um casal jovem e feliz, que vive uma paixão intensa durante seis meses, sem compromisso sério, tudo porque o jovem (personagem Jorge na peça) vai estudar no estrangeiro por um período de cinco anos.
Por forma a não haver sofrimento na hora da despedida, o casal foi sempre sensibilizado para evitar as fortes emoções, pelo facto da relação estar comprometida com a viagem do jovem.
Em declarações, ontem, ao Jornal de Angola, a directora artística do Amor à Arte, Marisa Júlio Francisco, disse que a peça procura fazer várias abordagens sobre as incertezas e obstáculos em manter-se um relacionamento amoroso, utilizando as redes sociais.

“Presos na Tradição”
A companhia de artes Miragens Teatro estreia, amanhã, às 20h00, no palco da Liga Africana, em Luanda, a peça “Presos na Tradição”, inserida no programa do Circuito Internacional de Teatro.
A peça encenada por quatro actores, conta em uma hora as dificuldades de adaptação e o choque de culturas diferentes.

Tempo

Multimédia