Maranax prepara segundo disco

Walter António |
21 de Janeiro, 2016

Fotografia: Domingos Cadência

O músico Maranax está a preparar para Novembro o lançamento do segundo disco intitulado “Lembranças”, para comemorar os 36 anos de carreira como vocalista e guitarrista.

Maranax garantiu ontem ao Jornal de Angola estarem preparados para este segundo disco 12 temas, que constam de um conjunto de 28 músicas gravadas de 1987 a 1992 na    Rádio Nacional de Angola (RNA).  
Conhecido pelos sucessos “Fofoqueira” (a minha amiga é fofoqueira), “Lilita” (Eu me lembro de ti), “Mucuamano”, “Vavó” e “Vai te embora”, André Alberto de nome de registo, foi o primeiro vencedor do concurso infantil da RNA, na altura Piô Piô, em 1980, com uma canção que incentiva as crianças jovens a seguir o exemplo do pioneiro Augusto Ngangula.
O disco “Lembranças” vai ter variedades de estilos como semba, kizomba e marútcha- estilo e dança inventado pelo músico. “Marútcha” é igualmente o título do primeiro disco do músico lançado em 2011.
Maranax  é membro fundador da União Nacional dos Artistas e Compositores (UNAC), lembrou que outrora os músicos cantavam por amor à camisola.
“Os músicos, na sua maioria ainda vivem muitas dificuldades, só para gravar e lançar um disco é preciso procurar patrocínios e que custam a aparecer. Para ter uma ideia, o processo de gravação de uma boa música pode custar ao equivalente a quatro mil dólares”, sublinhou. O cantor disse que a música angolana cresceu bastante, na sua qualidade sonora, e compete com músicas de vários países que os angolanos consumiam, a música nacional ultrapassou fronteiras, tendo apelado aos jovens músicos a fazerem versões legalmente, comunicando previamente aos autores ou os familiares. Apontou que uma das vantagens das versões é o de fazer recordar músicas que estavam no esquecimento.

Terceiro disco

O músico Maranax  prevê lançar o seu terceiro disco com músicas inéditas até antes das eleições de 2017. No projecto de Maranax para os próximos anos consta a construção de um estúdio de gravação no Morro Bento, em Luanda.
Maranax subiu pela primeira vez  a um palco em 1980 no concurso Piô-Piô, da RNA. Na altura tinha 12 anos e a canção foi “Pioneiros na escola”. Foi o jornalista Ladislau Silva que o convidou a gravar nos estúdios da Cabine Técnica nº1 (CT-1) alguns temas para o reportório de programas infantis da RNA. No mesmo ano tornou-se no cantor do programa infantil “Futuro da Nação”, hoje Carrocel, da TPA, participando, igualmente em grande parte dos espectáculos promovidos pela Sala Piô da Rádio Nacional de Angola.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA