Marco Kabenda expõe em Portugal


11 de Setembro, 2014

Fotografia: Cedida pelo artista

As raízes africanas e a sua interligação com as realidades paralelas das sociedades mundiais são o foco principal dos novos quadros do artista plástico angolano Marco Kabenda, que são apresentados dia 16, no VIII Vera World Fine Art Festival, em Lisboa.

O convite, informou o artista, é resultante do sucesso da sua exposição “Sair ao Mundo sem Traje Obrigatório”, apresentada em Setembro de 2013, no Instituto Camões, em Luanda, na qual procura, numa junção de experiências, explorar as convergências entre a arte africana, europeia e a americana.
Marco Kabenda disse que em “Sair ao Mundo sem Traje Obrigatório” fez, através de uma abordagem contemporânea, um apelo à liberdade e coabitação entre diferentes realidades socioculturais e procurou derrubar os preconceitos discriminatórios que dominam hoje as sociedades.
O objectivo, reafirmou, era romper com os modelos e trajectórias obrigatórias pré-definidos na criação artística. Os quadros do artista ficam patentes ao público até dia 21, em Lisboa. O artista plástico já está em Portugal a organizar a exposição.
“Agora a ideia é focar-me mais nas realidades sociais e na convergência sociocultural das vivências colectivas, como alicerce à liberdade e desenvolvimento cultural e intelectual do indivíduo. Portanto, busco nas raízes africanas a extrapolação para as realidades paralelas das sociedades mundiais, onde a busca pela realização e felicidade são penetrantes, constantes e transversais a todas elas”, aclarou.
As suas novas propostas, adiantou, são fruto de um pensamento assente na realidade, mas mantendo os ideais livres, propícios à criação. “Nestes quadros uma forma segue a outra. Ideias construtivas ligam-se, mas não há domínio de uma e outra. Tudo respira livremente. São obras de um filho fiel ao seu povo”, destacou.
Para o artista angolano o convite foi uma surpresa, porque não esperou que a mostra tivesse tanto reconhecimento internacional, “especialmente num dos mais importantes festivais de arte contemporânea”. Realizado, sob a tutela da Fundação World Without Borders e a Fundação Pública de Apoio à Cultura e Desenvolvimento da Arte Contemporânea de Moscovo, o Vera World Fine Art Festival é uma das maiores actividades internacionais de artes plásticas.
O seu objectivo é a exposição e divulgação do trabalho de artistas contemporâneos, em especial, os consagrados, assim como de novos talentos emergentes nas várias áreas das artes.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA