Cultura

Maria Eugénia publica livro em edição bilingue

Francisco Pedro

Embora a história não seja inédita no conjunto da sua obra, Maria Eugénia Neto desafia os leitores ao apresentar, quinta-feira, em Luanda, uma história em kimbundo, com o livro “As Aventuras de Amor-flor em África”.

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

O lançamento aconteceu no Camões- Centro Cultural Português e foi apresentado pelo poeta Nguimba Ngola. Marcou, também, o encerramento das actividades culturais naquele espaço mais concorrido da capital do país.
Nguimba Ngola felicitou o facto de a autora e a Editora Acácias terem apostado na valorização das línguas nacionais, com a publicação bilingue de “As Aventuras de Amor-flor em África”.
Pelo facto de Maria Eugénia Neto decidir lançar um livro bilingue, com uma das línguas nacionais, “devemos sentir como um apelo à unidade nacional”, disse o apresentador da obra, tendo Kanguimbo Ananás corroborado com essa afirmação. “Isso reflecte que a escritora é uma mulher de grande idoneidade cultural, ao demonstrar à sociedade uma das formas de enaltecer as línguas nacionais, para que sejam perpetuadas”, salientou a escritora.
O livro, cuja história não se restringe às crianças, “deve ser lido várias vezes”, na óptica da escritora e poetisa Kanguimbo Ananás.
Disse ainda que a narrativa de “As Aventuras de Amor-flor em África” prestigia o continente africano, além de exaltar aspectos exóticos da natureza e das culturas de diferentes regiões. É, também, uma chamada de atenção sobre a auto valorização, por isso “é um livro para todas as idades”, realçou  a escritora.
O livro foi ilustrado por Henrique Arede e Pinto Marques. Discorre sobre uma viagem entre “Amor-flor”, o cão Cavalinho e o seu dono, por diferentes povos, culturas, história, hábitos e a natureza do continente africano e do sudoeste da Ásia.

Tempo

Multimédia