Cultura

Melhor de Yuri da Cunha em concerto no Camões

Mário Cohen

O melhor das composições do músico Yuri da Cunha podem ser ouvidas hoje, a partir das 19h00, no Camões - Centro Cultural Português, em Luanda, durante o concerto “Yuri da Cunha e Amigos”.

Autor de “Gago” regressa a sua terra natal para um mega espectáculo grátis onde promete fazer uma retrospectiva musical
Fotografia: Santos Pedro| Edições Novembro

Como um dos nomes consagrados da música contemporânea angolana, o músico promete ao público uma mostra daquilo que é considerado, em vários anos, o “show man” da actualidade. Ao longo do concerto, os fãs vão poder ainda ouvir alguns dos seus sucessos, na voz dos artistas convidados.
Depois do concerto de hoje, o músico realiza, no sábado, às 18h00, na cidade do Waku Kungo, Cuanza- Sul, sua terra natal, um mega espectáculo para celebrar os 25 anos de carreira, como informou, ontem, a assessora de imprensa do cantor, Rosária de Castro Neto.
O espectáculo, a ser denominado “Yuri da Cunha - Show 25 Anos de Carreira”, é realizado no campo de futebol da cidade e tem todas as condições criadas para estar à altura do êxito do músico, que em 2009 esteve em digressão, durante seis meses, pela Europa, com o cantor italiano Eros Ramazzotti.
O músico, como informou a assessora de imprensa, parte amanhã para o Waku Kungo, onde vai ver, pessoalmente, as condições técnicas e o aparato montado para o espectáculo, com a duração de 02h30, e em que actua com a sua banda.
A escolha da cidade foi feita ao detalhe, como forma de prestigiar a terra natal, o Cuanza - Sul. “O músico queria voltar às origens. Lembrar de onde saiu e o que alcançou, com esforço e dedicação. Por isso, escolheu o Waku Kungo para mostrar o resultado dos anos dedicados à música. É a materialização de um desejo antigo do músico”, explicou.
Com entradas grátis, como forma de agraciar os seus fãs, o espectáculo promete ser “uma viagem, inovadora e diferente, pelo melhor de Yuri da Cunha, com um vasto repertório em que despontam temas, cujo êxito marcaram toda uma geração”.

O artista

Com uma carreira que dispensa comentários, Yuri da Cunha é um dos artistas da nova geração que explora diversos estilos musicais, com destaque para o semba, kizomba, zouk, kilapanga, kazucuta, balada e kintuense.
O músico tem um notável percurso internacional, que inclui espectáculos a nível nacional, assim como internacional, num total de mais de 60 concertos pela Europa. No Brasil foi um dos nomes de referência da música angolana, ao ponto de ser convidado para participar em diversos programas de renome da Rede Globo, como o “Altas Horas” e “Caldeirão do Huck”.
Yuri da Cunha nasceu no Sumbe, província do Cuanza- Sul, onde deu início à carreira artística, com participação em diversos concursos de rua. Em 1999, pôs o primeiro CD no mercado, com o título “É Tudo Amor”. Em 2005, saiu o segundo disco, “Eu”. Quatro anos depois, lançou o seu terceiro trabalho, “Kuma Kwa Kié”. Em 2011, decidiu fazer uma homenagem ao músico Artur Nunes, que resultou no CD “Yuri da Canha canta Artur Nunes”. Em 2013, regressou ao mercado com “Kandengue Atrevido” e em 2015 apresentou o seu último CD, até ao momento, “Intérprete”.

Tempo

Multimédia