Memória mundial revista em fotos


15 de Dezembro, 2014

“Toda a Memória do Mundo, Parte Um”, é o título do novo trabalho do fotógrafo Daniel Blaufuks, que está a ser apresentado em Terezin, Campo de Concentração na República Checa, através de 46 obras inéditas e um filme.

“É a primeira parte de não sei quantas fotos. É impossível saber”, comenta o artista, retomando o assunto da memória.
Daniel Blaufuks, 51 anos, neto de judeus polacos e alemães que chegaram a Portugal nas décadas de 20 e 30, conheceu a cidade através do escritor alemão W. G. Sebald, autor do livro “Austerlitz”, que por sua vez cita outro autor que interessou Blaufuks, o francês Georges Perec.
O artista estudou fotografia e começou a sua carreira na revista de música “Blitz”, passando depois pelo jornal “O Independente” e, mais tarde, a revista “Marie Claire”. Em 1989 ganhou o Prémio Aip / Kodak e em 1996 esteve entre os oito finalistas do European Photography Award.
Em 1991 Daniel Blaufuks publicou, com Paul Bowles, “My Tangier”, e em 1994 “The London Diaries”, seguido de “Ein Tag in Mostar” (1995) e de “Uma Viagem a São Petersburgo” (1998). Blaufuls viveu em Inglaterra, nos Estados Unidos e viajou pela Europa, Índia, África e América do Sul.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA