Cultura

Ministra enaltece cooperação na área museológica

Manuel Albano

A ministra da Cultura, Maria da Piedade de Jesus, salientou, na sexta-feira, em Luanda, a importância do fortalecimento da cooperação que o Museu Nacional de Antropologia tem com Goethe -Institut e o Museu Etnológico de Berlim (SMB), que “está a melhorar o conhecimento cultural angolano e alemão”, fundamentalmente, no domínio museológico.

Biblioteca do Museu Nacional de Antropologia apetrechado em livros
Fotografia: joão gomes | edições novembro

Em declarações ao Jornal de Angola, na cerimónia de entrega de 33 livros especializados à biblioteca do Museu Nacional de Antropologia, em Luanda, pelo Goethe -Institut, a ministra da Cultura disse que a parceria já apresenta resultados positivos, por permitir melhorar o acervo bibliográfico do museu de Antropologia.
Desta forma, explicou Maria da Piedade de Jesus, estão a ser criadas condições para o restauro e protecção do património, bem como garantir o reforço da parceria entre as instituições.
A ministra da Cultura disse que o Executivo continua a criar condições para melhorar os serviços públicos prestados pelos museus do país com a nova projecção, no sentido da dinamização e inovação.“Vamos dotar os museus no país de condições capazes de corresponder às expectativas do público e aos desafios tecnológicos”.
O público, referiu, tem o museu como um espaço de procura de conhecimentos sobre a História do país e da identidade cultural. Quanto ao projecto de recuperação de peças arqueológicas, levadas ilicitamente para o exterior do país, Maria da Piedade de Jesus reafirmou o compromisso do Executivo com os parceiros, na recuperação das peças museológicas desaparecidas.
Referiu que a exemplo da parceira com as instituições alemãs, as oito peças roubadas do acervo do Museu Regional do Dundo, durante o conflito armado e levadas, clandestinamente, para o exterior, já foram restituídas à instituição, no âmbito da cooperação com Fundação Sindika Dokolo.
A cooperação do Goethe -Institut com os museus Nacional de Antropologia de Luanda e Etnológico de Berlim é um projecto de longo prazo, que foi acordado em Dezembro de 2018, pela Direcção dos Museus Nacionais de Angola, Fundação do Património Cultural Prussiano e pelo próprio Goethe -Institut num Memorando de Entendimento.

Tempo

Multimédia