Cultura

Ministra destaca dinamização do movimento artístico

A ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, reafirmou  no sábado em Luanda a disponibilidade em auscultar e dialogar com os artistas, promotores e agentes culturais, produtores e realizadores de espectáculos, críticos e amantes da cultura nacional, para colher contributos destinados à melhoria, dinamização e diversificação das políticas e actividades culturais.

Carolina Cerqueira defende diálogo com os criadores de arte
Fotografia: Maria Augusta | Edições Novembro

A ministra da Cultuta, que falava durante uma visita ao Teatro Ngola, localizado na Centralidade do Kilamba, em Luanda, afirmou que deseja mais espaços que  enquadrem jovens de várias disciplinas culturais e que contribuam para o bem comum.

Carolina Cerqueira anunciou que o Ministério da Cultura está a elaborar um plano de apoio e de dinamização das actividades culturais para inserir as diferentes iniciativas no roteiro cultural da capital angolana. A ministra afirmou que as artes podem servir de veio motriz para o desenvolvimento humano e proporcionar a ocupação dos tempos livres dos jovens, através de iniciativas que os valorizem e dignifiquem.

No âmbito do diálogo cultural e da auscultação da classe artística, a ministra conviveu com a comunidade da centralidade e assistiu a uma peça do grupo de teatro Catarcis focada na luta clandestina pela Independência Nacional, numa homenagem a Agostinho Neto. Carolina Cerqueira agradeceu o convite do artista Raul do Rosário que, conjuntamente com Carlos Araújo, assume a direcção artística do grupo e enalteceu o empenho dos jovens que dão vida ao teatro, através de expressões que reflectem talento e criatividade.

Acompanharam a ministra da Cultura, o director nacional de Formação Artística, Paulo Kussy, e Juelson Rangel, consultor.


Tempo

Multimédia