Ministra destaca qualidades e percurso histórico de Malé


25 de Junho, 2014

Fotografia: Jornal de Angola

A ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, destacou, em Luanda, a verticalidade cultural e o percurso musical histórico de José Oliveira de Fontes Pereira.

Numa nota de condolências pelo falecimento deste homem de cultura, no domingo, na capital do país, vítima de doença, realçou o facto de se ter notabilizado como exímio tocador de dikanza, instrumento de acompanhamento que se junta, de forma rítmica e harmónica, à concertina, à viola, ao kibabelo e ao batuque.
“Com o seu amor à nossa música e a sua forte afeição à dikanza elaborou e aperfeiçoou novas técnicas para o seu fabrico, como melhor método de passar este conhecimento às novas gerações”, lê-se na nota. José Oliveira de Fontes Pereira, compositor, guitarrista, bailarino, artífice, coreógrafo e figura emblemática do Grupo Teatral Ngongo, foi o fundador da primeira Escola de Semba (1958-1960) e preservava a memória de importantes momentos da cultura angolana.
Malé Malamba, como é conhecido, tinha apenas cinco anos quando herdou, de um inseparável amigo do seu pai, a afeição intuitiva pelos instrumentos musicais angolanos, particularmente a dikanza.
A 8 de Novembro de 2010 foi agraciado pelo Ministério da Cultura com o Prémio Nacional de Cultura e Artes, pelo contributo prestado à música angolana.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA