Ministra quer maior difusão


18 de Junho, 2016

Fotografia: Mota Ambrósio |

A ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, incentivou, em Luanda, a União dos Escritores Angolanos (UEA) a uma maior aposta na divulgação, promoção e valorização das obras e dos autores angolanos dentro e fora do país.

Num encontro com o secretário-geral da UEA, Carmo Neto, que serviu para apresentação do programa de acção da instituição, a ministra destacou a necessidade de reforçar-se e incrementar-se o processo de divulgação das acções desenvolvidas em prol da literatura angolana e a cultura de leitura por parte dos cidadãos, sobretudo  da jovem geração.
A propósito, convidou a UEA a participar das actividades alusivas ao livro infantil, para uma maior interacção e entrosamento com os fazedores da cultura nacional, em particular no âmbito da literatura para os mais novos.
A titular da pasta da Cultural adiantou que a UEA se deve fazer mais presente nas iniciativas literárias promovidas no exterior com o intuito de melhor promover a literatura e os autores angolanos no estrangeiro e contribuir para a massificação e distribuição das obras literárias a nível de todo o país.
Por seu turno, o secretário-geral da UEA, Carmo Neto, aproveitou a oportunidade para apresentar à ministra os programas relacionados com o processo de valorização e divulgação da literatura angolana, com maior destaque para a promoção do prémio “Quem Me Dera Ser Onda”.
O responsável manifestou a sua satisfação por saber que o Ministério da Cultura está disponível para apoiar institucionalmente os projectos e programas traçados, nomeadamente o prémio literário Cidade de Luanda e a edição de obras dos escritores angolanos.
Carmo Neto adiantou que a disponibilidade de apoio institucional encoraja e incentiva os agentes culturais a redobrarem esforços para a execução de acções de divulgação, valorização e promoção das artes e da literatura em particular.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA