Ministra quer mais apoio para os jovens


26 de Agosto, 2016

Fotografia: João Gomes

A ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, disse ontem, em Luanda, que o Complexo das Escolas de Artes (CEARTE) deve colocar ao dispor da juventude todas as valências no domínio das artes e espectáculos.

De acordo com a ministra, que falava à imprensa no final de uma visita de constatação do funcionamento do CEARTE, adiantou que a instituição deve potenciar os jovens estudantes de artes com uma formação adequada e que corresponda aos anseios do país, em particular.
“A nossa preocupação está ligada à rentabilização do espaço e o aproveitamento dos equipamentos que a instituição tem para o bem das comunidades, essencialmente, da juventude ligada ao mundo artístico e cultural”, disse a ministra, tendo manifestado ainda o desejo de tornar a instituição numa referência na região da África Austral, bem como no mundo dos Países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP), visto que tem condições para acolher estudantes em regime de internato.
A ministra mostrou particular atenção ao anfiteatro, que recebe nesta altura os últimos retoques em questões de montagem de equipamentos, e o internato, que tem capacidade para mais de 100 camas. Inaugurada em 2015, a instituição ministra os cursos Pedagógico e Criação Artística (na vertente artes visuais e plásticas), Pedagógico (na dança), Pedagógico, Criação e Interpretação (na música), Pedagógico, Criação e Interpretação e Produção (na vertente teatro).Localizada na Camama, a instituição foi concebida para 20 salas de aula, uma biblioteca, um internato para 164 alunos, um auditório com 300 lugares e um pavilhão polidesportivo.
O CEARTE tem ainda um anfiteatro ao ar livre com 400 lugares, um laboratório de informática, um laboratório de física e um laboratório de química.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA