Cultura

Ministra reconhece promoção artística

A ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, considerou um exemplo de “diplomacia cultural prática” o Centro de Documentação e Galeria de Arte da Missão Diplomática de Angola junto do Estado italiano e das Agências das Nações Unidas em Roma.

Fotografia: JAImagens | Edições Novembro

A governante angolana fez esta observação ao visitar, na terça-feira, a Missão Diplomática de Angola, em Roma, saída de Veneza, onde inaugurou no fim-de-semana o Pavilhão de Angola na 57.ª edição da Bienal de Arte de Veneza.
O Centro de Documentação e Galeria de Arte da Representação de Angola em Itália, diariamente consultado por estudantes angolanos, italianos e público em geral, possui livros, maioritariamente, de escritores angolanos, peças de arte tradicionais,  quadros de pintura de artistas nacionais, vídeos e material de carácter científico das três agências das Nações Unidas em Roma, nomeadamente Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e Programa Alimentar Mundial (PAM).  “É um exemplo de diplomacia cultural prática que nós, enquanto Departamento Ministerial de Cultura, iremos valorizar e apoiar para fazer crescer a nossa cultura em terras italianas”, escreveu a ministra no livro de honra.

SAPO Angola

Tempo

Multimédia