Miragens apresenta companhia infantil

Roque Silva |
4 de Junho, 2016

Fotografia: Paulino Damião |

A companhia infantil do grupo de teatro Miragens apresenta-se amanhã, às 16h00, nas antigas instalações do Instituto Geográfico e Cadastral de Angola (IGCA), no distrito urbano do Rangel, em Luanda, pela primeira vez, com a peça “Brincando de Cinderela”.

O espectáculo  é uma adaptação do conto clássico da Walt Disney à realidade angolana, no qual crianças exprimem os seus desejos e sonhos. A peça transmite alegria, com cenas repletas de diversão, jogos e entretenimento, onde realçam as recreações da década de 1980 e 90 e o início de 2000.
Para dar realidade ao espectáculo de teatro, a direcção convidou sete crianças e quatro adultos que, ao longo da história, convidam membros da plateia a participarem em algumas cenas.
O director artístico do Miragens disse ao Jornal de Angola que o texto obriga, durante o espectáculo, as personagens a solicitarem apoio do público para ajudar a resolver alguns problemas. José Silveira Teixeira explicou que a ideia da criação da companhia infantil surgiu das crianças que acompanham a preparação diária do grupo Miragens e imitam algumas das suas cenas.
O objectivo, disse, é garantir o futuro e a continuidade do colectivo e criar um público mais crítico, desde a infância. A companhia infantil conta com 12 crianças e prevê-se ainda, nos próximos dias, incluir outras do distrito urbano do Rangel e arredores.
A intenção, reforçou o director, é ocupar os tempos livres das crianças do distrito urbano do Rangel, integrando-as no projecto, cuja base é a transmissão de conhecimentos para representação teatral.
A peça é apresentada todos os domingos do mês, à mesma hora e local, no âmbito do projecto “Junho Teatral”, alusivo ao Mês da Criança. O espectáculo “Louco por Mulheres”, sobre um pastor que usa a igreja para fins lucrativos, é apresentado aos sábados, no âmbito do mesmo projecto.
A temporada pretende, também, fortalecer a união do grupo com o público, através de um teatro mais ligado à área de intervenção social.
O Miragens Teatro surgiu há 21 anos, na Igreja Nossa Senhora de Fátima, numa actividade de Luta Contra as Drogas, no qual os integrantes apresentaram um jogral. O trabalho artístico mereceu elogios e o grupo mantém-se até hoje.
O colectivo é um dos pilares das artes cénicas nacionais e tem, entre outras distinções, o Prémio Nacional de Cultura e Artes de 2009 e o Prémio Nacional de Teatro de 2001.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA