Missão do Quéssua elevada a património


23 de Abril, 2015

Fotografia: JAIMAGEM |

A Missão Evangélica do Quéssua, da Igreja Metodista Unida, situada a 12 quilómetros da cidade de Malanje, ascendeu à categoria de monumento histórico-cultural, com reconhecimento da Unesco.

A outorga do título aconteceu no âmbito do Dia Mundial dos Monumentos e Sítios, assinalado a 18 deste mês. A elevação surgiu em resposta a uma proposta apresentada pela Direcção Provincial da Cultura de Malanje ao Ministério da Cultura.
Além da Missão Evangélica do Quéssua, foram igualmente elevados à categoria de monumentos histórico-culturais de Malanje o antigo palácio da administração colonial e o edifício central Banco Nacional de Angola, ambas infra-estruturas localizadas na cidade capital.
Para celebrar o acontecimento, foi realizado um culto na Igreja Metodista Unida do Quéssua. Na ocasião, o chefe de Secção dos Assuntos Religiosos e Língua Nacionais da Direcção Provincial da Cultura de Malanje, Elias Massunga, disse que além da antiguidade, a missão tem-se esforçado no fortalecimento da fé cristã e na formação do homem novo.
O bispo da Conferência Anual do Leste de Angola da Igreja Metodista Unida, José Quipungo, afirmou que a elevação representa um ganho para os metodistas e para província.
A Igreja Metodista Unida Central do Quéssua foi construída entre 1951 e 1953.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA