Cultura

Moçambicanos defendem maior intercâmbio cultural

Os cantores moçambicanos Abuchamo Munhoto e Nuno Abdul, convidados a participar no concerto do Team de Sonho Volume III, que se realiza hoje, às 19h00, no Estádio dos Coqueiros, em Luanda, defenderam um maior intercâmbio cultural entre os países da região austral do continente africano.

Abuchamo Munhoto e Nuno Abdul cantam hoje nos Coqueiros
Fotografia: António Escrivão | Angop


Em  declarações à  Angop, à margem da conferência de imprensa de lançamento do espectáculo, Abuchamo Munhoto  enalteceu a iniciativa, porque representa um acto de  grande relevância, que demonstra a capacidade criativa e organizativa da cultura a nível da região.
O artista moçambicano  reconheceu que o Team de Sonho é uma plataforma que fomenta a aproximação dos povos e promove os agentes culturais.
Na mesma perspectiva, o artista moçambicano Nuno Abdul congratulou-se pelo convite e espera que acções do género aconteçam de forma regular em ambos os países, com a finalidade de fortalecer a boa relação entre os dois povos.
A organização do evento prevê a presença de mais de trinta mil espectadores. Fazem parte do Team de Sonho Volume III os angolanos Big Nelo, Bambila, Ary, Pérola, Yola Araújo, Lil Saint, VC, Heavy C, Bass, Calabeto, Puto Português, Kyaku Kyadaff, Cef, Nagrelha, Yannick Afroman, Cage One, Yuri da Cunha, Walter Ananaz, Biura, Noite e Dia, Neru Americano, JD, Mad Superstar, Puto Prata, Pastrana e Os Tuneza, bem como os DJ Hélio Baiano, Callas, Darcy, Smash, Kletuz e Malvado Júnior.
O Team de Sonho estreou-se em 2012, com a participação de 15 músicos. Até agora, vendeu duzentos mil CD e DVD.

Tempo

Multimédia