Modelo de educação infantil é apresentado hoje em livro


1 de Junho, 2016

A criação de um modelo de educação infantil a partir da literatura é o foco principal do livro para crianças “Crescer Saudavelmente em Angola - De pequenino se torce o destino”, de Olívia da Conceição Carvalho, a ser apresentando hoje, às 18h30, no Camões, em Luanda.

O ensaio, escrito para educar os pais a prepararem desde muito cedo a mentalidade das crianças para os novos desafios, aborda também a questão da intervenção precoce na criança, como modelo de educação na infância.
Para a autora, durante muito tempo os serviços de atendimento a crianças centravam-se exclusivamente nelas e nos factores a ela associados, visando remediar os problemas que esta apresentava, numa intervenção compartimentada entre diversas disciplinas.
“O enfoque tradicional dá lugar a uma abordagem centrada na família e de base comunitária, reconhecendo também o papel interventivo da criança na modificação do seu ambiente. Neste modelo, as crianças são vistas como o produto de um ambiente complexo, dinâmico e interdependente”, disse.
Ao longo de 130 páginas, divididas em quatro capítulos, o livro procura   dar um  contributo à melhoria das práticas de  profissionais de intervenção na infância, através da formação adequada  dos profissionais e educadores, de forma a garantir uma eficaz intervenção, centrada na família.  O dinheiro da venda do livro reverte, por decisão da autora, a favor do Serviço de Pediatria do Hospital Geral de Benguela e do Centro de Saúde Nossa Senhora da Graça.
A ideia, justificou a autora, é usar a literatura para ajudar as crianças desfavorecidas dos centros de acolhimento, que nesta fase de crise mundial vivem muitas dificuldades.
Olívia da Conceição Carvalho é docente do ensino superior e psicóloga. É pós-graduada  pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação  da Universidade do Porto, em “Supervisão de Estudos de Caso em Contextos de Riscos e Sofrimento Psicológico e Sócio-Educacional (Crianças e Jovens)”.
A autora é  especializada em Direito das Crianças pela Universidade Católica Portuguesa e Mestre em Psicologia do Desenvolvimento e da Educação da Criança – Especialidade Intervenção Precoce – pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto.
Além de docente, Olívia da Conceição Carvalho exerce também o cargo de juíza social no Tribunal da Comarca do Porto, Portugal.
Entre as suas várias publicações destacam-se “A Escola Inclusiva - da Utopia à Realidade” e “De Pequenino se Torce o Destino - o Valor da Intervenção Precoce”.
Em Angola, possui experiência de docência no âmbito da Formação Pós-Graduada em “Ciências da Educação” e “Gestão e Administração da Educação”, em Benguela e no Huambo.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA