Morreu o lendário cantor Joe Cocker


25 de Dezembro, 2014

Fotografia: Divulgação

Joe Cocker, o lendário cantor britânico de blues e rock, intérprete de sucessos como “You Are So Beautiful”, morreu aos 70 anos, informou o seu agente.

Nascido em Sheffield, cidade industrial do norte da Inglaterra, Joe Cocker morreu na noite de domingo nos Estados Unidos. Ele foi, “sem dúvida, o maior cantor de rock e soul já saído da Grã-Bretanha”, informou seu agente, Barrie Marshall, num comunicado.
Cocker ganhou fama nos anos 1960, graças à celebrada versão de “With a Little Help From My Friends”, uma canção dos Beatles que o britânico interpretou com a sua característica voz rouca no festival de Woodstock, em Agosto de 1969.
Os críticos chegaram a considerar este desempenho como uma das melhores versões da era do rock. Entre os maiores sucessos da carreira de Cocker estão “Night Calls” e “Up Where We Belong”, um dueto com Jennifer Warnes, que fez parte da banda sonora do filme “A Força do Destino” (1982). Também é famosa a sua interpretação de “You Can Leave Your Hat On”, tema principal do filme “Nove e meia semanas de amor” (1986).
Cocker foi “imensamente talentoso e um verdadeiro astro, mas também um homem amável e humilde que adorava interpretar”, disse o seu agente.
“A sua marcante interpretação de ‘With a Little Help From My Friends’ emocionou as plateias durante décadas. Era simplesmente única”, prosseguiu.
A imagem de Cocker como “a voz de uma geração” ganhou proporção graças a “Anos Incríveis” (The Wonder Years, no original), um popular programa da televisão americana que estreou em 1988 com um olhar nostálgico sobre os anos 60, e que tinha a sua versão de “With a Little Help From My Friends” como tema principal.
A canção também foi incluída no Hall da Fama do Grammy. Mas, apesar de ter sido aclamado por público e crítica, Cocker nunca chegou a ver o seu nome no Salão da Fama do Rock and Roll, uma omissão que os seus fãs consideravam uma falta grave. A revista especializada “Rolling Stone” incluiu Joe Cocker na lista dos “100 melhores cantores de todos os tempos”, elaborada em 2008 por 179 especialistas. Apesar da fama,  Cocker não tinha o “glamour” que costuma rodear os astros do rock.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA