Cultura

Mostra abre a festa do "Luanda Cartoon"

Manuel Albano

Uma exposição colectiva de banda desenhada, cartoon e caricatura, da autoria de artistas nacionais e estrangeiros, vai ser inaugurada sexta-feira, no Camões - Centro Cultural Português, para a abertura da 14ª edição do Festival Internacional de Banda Desenha e Animação “Luanda Cartoon”.

Mentores da iniciativa que junta cartoonistas em Luanda
Fotografia: Paulino Damião| Edições Novembro


Embora nesta edição se registe a ausência física dos cartoonistas estrangeiros, os artistas vão estar representados com os seus trabalhos já em posse da comissão organizadora, segundo garantias do cartoonista e membro da organização, Olindomar de Sousa.
A realização desta edição do “Luanda Cartoon”, a decorrer de 25 deste mês a 1 de Setembro, junta trabalhos de jovens angolanos e estrangeiros e permite o intercâmbio artístico entre desenhadores, afirmou o cartoonista.
Olindomar de Sousa disse que o festival conta com trabalhos de portugueses, brasileiros, espanhois, franceses e italianos. O programa reserva ainda a exibição de curtas-metragens de animação, venda e assinatura de autógrafos de revistas, álbuns e fanzines de Banda Desenhada. O festival reserva também a realização de um “packet show”, uma conversa sobre Banda Desenhada e um ciclo de cinema de animação para o último dia do Luanda Cartoon 2017, cujo palco vai ser o auditório Pepetela do Camões - Centro Cultural Português, em Luanda. 
A semelhança das edições anteriores, além de exporem caricaturas e banda desenhada, os convidados ao festival são convidados para o debate “Conversa sobre BD”. A realização de seminários, aberto ao público interessado, é outra das propostas do festival.
Organizado pela Olindomar Estúdio, o festival conta com a parceria do Camões - Centro Cultural Português e da Alliance Française de Luanda. O “Luanda Cartoon” foi criado em 2003, pelos irmãos cartoonistas Lindomar de Sousa e Olímpio de Sousa. Desde então, tem aumentado o número de participações estrangeiras e a qualidade, tendo atingido uma dimensão internacional em 2010.

Tempo

Multimédia