Cultura

Movimento Lev’Arte pretende aumentar número de filiados

O movimento literário Lev’Arte prevê inscrever nas suas fileiras 18 mil membros, durante o biénio 2017/18, nas 18 províncias do país. A informação foi avançada, na quinta-feira, na cidade do Dundo, capital da província da Lunda Norte, pelo responsável do movimento pela área de expansão, Guilson Saxingo, tendo lembrado que o Lev’Arte controla actualmente cinco mil membros.

Para a materialização desse objectivo, o responsável fez saber que o movimento vai abrir representações municipais pelo país, para sensibilizar a população a fazer parte da agremiação.
Esse processo, salientou, vai começar com a criação das comissões instaladoras nos municípios de Lucapa e de Cambulo, província da Lunda Norte.
“Apesar de ser um trabalho árduo, é desafio do movimento disseminar a sua actividade em todo o território nacional, de forma a atingir-se a cifra de 18 mil membros, que se vão juntar aos outros cinco mil já inscritos”, ressaltou.
O responsável fez saber que a sua visita de trabalho à província da Lunda Norte visa avaliar o grau de execução das actividades do Lev’Art na localidade, abordar os programas da organização e apresentar a sua obra poética “Aurora jubilosa”, entre outras tarefas.
Apelou, na ocasião, aos seus filiados para manterem o espírito de união e de conjugação de esforços para o desenvolvimento do movimento literário nacional.
O movimento literário Lev’Arte foi fundado a 20 de Julho de 2006, na província de Luanda. É um movimento cultural de âmbito nacional, sem fins económicos. Tem como objectivos incentivar a leitura, a criatividade artística e o gosto pela literatura no intuito de humanizar o comportamento das pessoas através da arte.

Tempo

Multimédia