Cultura

Mpambukidi Nlunfidi expõe na África do Sul

Alexa Sonhi

O escultor Mpambukidi Nlunfidi é um dos artistas convidados para expor na Conferência de Doadores Africanos, que acontece no dia 26, na Cidade do Cabo, África do Sul, onde pretende mostrar o melhor da cultura e da identidade nacional.

Artista tem procurado representar a cultura e a identidade nacional na maioria dos trabalhos realizados nos últimos anos
Fotografia: Paulino Damião| Edições Novembro

O artista angolano informou hoje, ao Jornal de Angola, que o convite foi feito pelo Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, o que representa um ganho para a classe artística nacional e o reconhecimento do trabalho feito por si ao longo de anos.

Para esta exposição, o escultor tem preparado 15 esculturas novas, assentes fundamentalmente nas raízes e na tradição angolana. O artista adiantou ainda que neste momento tem patente, desde o passado dia 6, um total de 45 esculturas no Hotel de Convenções de Talatona, em Luanda.
A mostra, denominada “Espírito de União”, fica patente ao público por três meses, e foi feita com o objectivo de ajudar na recuperação do sentimento de união, que norteava o povo angolano, e hoje, aos poucos, se perdeu, em parte devido ao fenómeno da globalização.
Apesar de não ser a primeira vez a expor no espaço, o artista disse estar satisfeito, porque além de ser um sinal de reconhecimento, mostra também o interesse do público em conhecer mais sobre a cultura angolana.
“Em sete dias de exposição, o hotel não pára de receber visitantes e, inclusive, já recebi muitas encomendas, quer de cidadãos nacionais quer estrangeiros. É uma prova clara de um renascer das artes, que precisa ser melhor explorada pelos produtores angolanos”, pediu.
Mpambukidi Nlunfidi informou igualmente que a maioria das exposições a serem realizadas por si, este ano, vão ter a denominação de “ Espírito de União”, a mesma das anteriores, como maneira de continuar a enaltecer a identidade e a cultura angolana.
O tempo de exposição, seleccionado pela gestão do hotel, vai ajudar, tendo em conta efemérides como o 17 de Setembro, Dia do Herói Nacional, ou o 27 de Setembro, Dia Mundial do Turismo, e o 11 de Novembro, Dia da Independência Nacional, visa dar mais espaço para o público conhecer, através dos traços característicos das esculturas, pormenores importantes da cultura nacional.

Tempo

Multimédia