Mpambukidi mostra obras em bronze

Mário Cohen |
21 de Abril, 2017

Fotografia: Paulino Damião | Edições Novembro

O artista plástico Mpambukidi Lunfindi realiza hoje, às 18h00,  no Hotel de Convenções de Talatona (HCTA), em Luanda, e no próximo dia 29, na Embaixada da África do Sul em Angola, duas exposições de escultura em bronze, para promover as suas mais recentes criações artísticas.

Na exposição a ser inaugurada hoje no HCTA, o escultor vai expor um conjunto de dez obras, no relançamento cultura da empresa PG & Associados, que consiste em ajudar os criadores de artes da capital angolana.
Natália Henriques, directora da empresa, revelou que o projecto consiste na realização de actividades, englobando as várias áreas das artes, desde a literatura, belas artes a artes dramáticas, no espaço em Talatona.
O artista, que regressa ao HCTA num espaço de um ano, informou ao Jornal de Angola, que a mostra do dia 29 reúne um conjunto de 20 obras, justificando o número de peças a serem expostas em relação à exposição no HCTA, devido à questão de espaço.
“As minhas obras, na sua maioria, são de grande dimensão o que impossibilitou levar um número superior a dez à mostra no HCTA. Tenho obras que pesam mais de meia tonelada”, disse o artista, cujas obras em destaque nas duas exposições são o pensador, o busto do Agostinho Neto, o caçador e a insígnia da República de Angola. 
A última mostra individual do artista intitulada “Exposição monumental” foi realizada em Agosto do ano passado no Centro de Formação Política do MPLA, no Futungo II, em Luanda. A mostra, que foi a quadragésima de Mpambukidi Lunfindi, juntou um conjunto de dez obras em bronze.
Membro da União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP), o escultor realizou nos anos 80 várias exposições no país e no estrangeiro, mas foi no exterior do país que o seu trabalho teve mais visibilidade, na década de 90.
Mpambukidi Lunfindi tem duas esculturas expostas na Igreja do Vaticano, oferecidas pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, ao Papa João Paulo II. Na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, encontra-se a obra “O pensador”, produzida pelo artista.
Mpambukidi Lunfindi foi considerado, em 1998, o melhor artista plástico africano, na Califórnia, no Estados Unidos, e em1994 arrebatou o prémio da União Europeia, na V Bienal do Centro Internacional de Civilizações  Bantu (CICIBA), em Brazzaville, na República do Congo.
Tem obras de enquadramento decorativo no Banco Nacional de Angola (BNA), na Nova Cimangola e no Banco de Comércio e Indústria (BCI), em Benguela.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA