Mulheres ainda sem êxito


1 de Novembro, 2015

Fotografia: Reuters

O papel das mulheres no cinema norte-americano continua pouco recompensado, especialmente na realização, onde apenas 7 por cento dos 250 maiores filmes de Hollywood no ano passado foram feitos por elas, revelou ontem um estudo publicado pelo jornal “The Guardian”.

A pesquisa acrescenta ainda que os homens trabalharam em 85 por cento de todos os filmes norte-americanos distribuídos em 2014. O relatório do Centro de Estudos das Mulheres na Televisão e no Cinema da San Diego State University também aponta que as mulheres representam apenas 11 por cento dos argumentistas dos 250 filmes mais rentáveis de 2014 e 23 por cento dos produtores. O estudo é revelado num momento em que Hollywood está sob pressão intensa para lidar com a questão da discriminação no género. Martha Lauzen, autora da pesquisa, disse ao “The Guardian” que os números mudaram pouco desde que começou a entrevistar dezenas de mulheres, apesar de estrelas como Jennifer Lawrence, Meryl Streep e Patricia Arquette se terem pronunciado sobre o assunto.
Os números melhoram quando a pesquisa se abre para os 700 filmes de maior venda de bilheteira, com 13 por cento de mulheres na realização, 13 por cento no argumento e 27 por cento na produção, sugerindo que os filmes independentes são mais acessíveis a pessoas do sexo feminino.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA