Cultura

Museu do Louvre em Paris bate recordes de visitantes

Louvre, o museu mais visitado do Mundo, ultrapassou pela primeira vez a marca de dez milhões de visitantes em 2018, disse ontem a administração da instituição museológica de Paris.

Louvre registou no ano passado dez milhões de visitantes
Fotografia: Dr

Louvre, o museu mais visitado do Mundo, ultrapassou pela primeira vez a marca de dez milhões de visitantes em 2018, disse ontem a administração da instituição museológica de Paris.
“Pela primeira vez na história, e acho que pela primeira vez na história dos museus, mais de dez milhões de pessoas visitaram o Louvre em 2018”, disse o presidente da instituição, Jean-Luc Martinez.
Em 2017, o museu tinha recebido 8,1 milhões de visitantes, um aumento de 10,1 por cento em relação a 2016.
O número de visitantes tem aumentado ao longo dos últimos dois anos, em contraste com os anos de 2015 e 2016, em que o número de turistas estrangeiros em Paris diminuiu, devido aos temores de atentados que  assolaram a cidade nesses anos.
Louvre é o maior museu de arte do Mundo e um monumento histórico em Paris, França. Um marco central da cidade, está localizado na margem direita do rio Sena. Aproximadamente 38.000 objectos, da pré-história ao século XXI, são exibidos numa área de 72.735 metros quadrados. O museu está localizado no Palácio do Louvre, originalmente construído como uma fortaleza no final do século XII ao XIII sob o reinado de Filipe II.
O museu foi inaugurado a 10 de Agosto de 1793 com uma exposição de 537 pinturas, sendo a maioria das obras da realeza ou de propriedades confiscadas da igreja. Por causa de problemas estruturais com a construção, o museu foi fechado em 1796 até 1801. A colecção foi aumentada sob o governo de Napoleão e o museu foi renomeado por “Museu Napoleão”, mas, após a sua abdicação, muitas obras apreendidas pelos seus exércitos napoleónicos foram devolvidas aos proprietários originais.
A colecção foi aumentada ainda mais durante os reinados de Luís XVIII e Carlos X e, durante o Segundo Império Francês, o museu do Louvre ganhou 20 mil peças.
As participações cresceram constantemente através de doações e legados desde a Terceira República.

Tempo

Multimédia