Cultura

A consagração de Dom Caetano

Jomo Fortunato|

Em 1972, com apenas 16 anos, Dom Caetano, iniciava os primeiros passos no canto. Foi no início dos anos 70 que Caetano Domingos António se juntou a um grupo de amigos e formou a banda "The Seven Boys", no Bairro Sambizanga.

Músico Dom Caetano percorreu várias regiões de Angola incluindo uma passagem pelo Lobito onde decorreu a sua formação musical
Fotografia: JA

Em 1972, com apenas 16 anos, Dom Caetano, iniciava os primeiros passos no canto. Foi no início dos anos 70 que Caetano Domingos António se juntou a um grupo de amigos e formou a banda "The Seven Boys", no Bairro Sambizanga.
Embora tenha nascido no Bairro Porto, situada numa zona suburbana contígua ao Bairro da Madame Berman, em Luanda, Dom Caetano percorreu, na sua infância, várias regiões de Angola, incluindo uma passagem pelo Lobito, cidade que em muito concorreu para sua formação como cantor.
Da época das aprendizagens, Dom Caetano aponta, de forma reiterada, duas figuras que foram fundamentais na sua formação como músico: Quim Vieira, vocalista dos "The Lover's", do Lobito, e Zé Vieira, solista dos "The Pop King's", músicos que considera tios, por afinidade, do lado materno. "Quando regressávamos dos célebres Kutonocas, do Luís Montez, o nosso grupo imitava as vozes do Sofia Rosa, Luís Visconde e Taborda Guedes", recorda Dom Caetano. Os três cantores marcaram importantes períodos da história da Música Popular Angolana.
Foram experiências que vieram a impulsionar o autor de "Emba Dilema" para o universo da Música Popular Angolana. Dom Caetano recorda a prestação dos músicos José Manuel Rufino, Mingo Barros e Zeca Sá, antigos companheiros da época dos "The Seven Boys". Dom Caetano teve ainda, posteriormente, uma efémera passagem pelo conjunto "Surpresa 73", ligado à Rádio Majuba, do Bairro Rangel, onde chegou a tocar guitarra baixo.
 
Dom Caetano em Cuba
 
Em 1977, Dom Caetano partiu para Cuba, integrado num grupo de estudantes angolanos, de diversas origens, na condição de bolseiro do Governo angolano, visando a continuidade dos seus estudos.
Em Cuba, um país musical por excelência, Dom Caetano forma uma versão angolana do duo "Los Compadres", que, na sua origem, era formado pelos cubanos Lourenço Rensuelo e Henrique Rensuelo, tio e sobrinho, e convida o bolseiro angolano, Adriano Mendes de Carvalho, igualmente estudante em Cuba, a integrar o grupo, como vocalista.
A versão do duo angolano, "Los Compadres", granjeou uma enorme popularidade no seio da comunidade estudantil angolana em Cuba, e o passo seguinte foi o surgimento do grupo, "Combo Revolucion", uma formação com mais recursos instrumentais e mais elementos: António Venâncio (guitarra solo), Espírito Santo (viola ritmo), Cinturinha, tamborista que pertenceu aos Bongos, de Benguela, Jorge Conceição (baterista) e Alfredo Morais, conhecido por Didino, figura que pertenceu aos Ekos, Ébanos e África Show, e Dom Caetano (vocal), formavam os "Combo Revolucion", um grupo que durou três anos.
Com a dispersão natural dos integrantes do "Combo Revolucion", Dom Caetano restaura, em Luanda, o duo "Los Compadres", desta vez com Zeca Sá (voz e guitarra), um amigo de infância da época dos "The Seven Boys", que substituiu Adriano Mendes de Carvalho.
 
Jovens do Prenda

 
Findo o duo com Zeca Sá, Dom Caetano é chamado a substituir o cantor Tuely Bamba, nos Jovens do Prenda, tendo sido aprovado através de um rigoroso teste orientado e avaliado pelo carismático guitarrista, Zé Keno. São desta época os sucessos "Tia", "S.E.F", "Sou Angolano" e "Cooperante", temas interpretados por Dom Caetano.
Canhoto (viola baixo), Alfredo Henrique, já falecido, viola ritmo que absorveu a técnica do Mingo, dos Jovens do Prenda, Zé Keno (guitarra solo), Chico Montenegro (voz), Julinho Massy e Correia (sopros), eram os integrantes dos "Jovens do Prenda", na altura em que Dom Caetano é admitido no grupo.
Dom Caetano permanece dois anos nos "Jovens do Prenda", e igual período no "Instrumental 1º de Maio", com Dulce Trindade (guitarra ritmo), Massano Júnior (voz e percussão), Franco (flauta), Fausto (saxofone) e Tedy (guitarra solo). Em 1989, por ocasião do Festival Nacional de Cultura, Dom Caetano retorna aos "Jovens do Prenda" permanecendo, neste grupo, até à Expo de Lisboa, em 1998, data em que fez a sua última apresentação, enquanto membro dos "Jovens do Prenda".
 
Discografia
 
Em Lisboa, Dom Caetano grava a sua primeira obra discográfica, "Adão e Eva", um CD que teve grande aceitação do público e dos críticos. "Uegia kusokana" e "Semba Dilema", dois grandes sucessos deste CD, revelam a forte angolanidade de Dom Caetano, enquanto compositor, e denotam a adopção de um esquema de composição inspirado em questões de índole social e cultural, numa linha de continuidade da música elaborada por antigos compositores angolanos.
 
Banda Movimento
 
Criada em 1999, com instrumentistas de várias proveniências, a Banda Movimento tem sido o suporte de acompanhamento de uma variedade de cantores, sobretudo os que estão ligados aos programas musicais da Rádio Nacional de Angola, instituição à qual o grupo está oficialmente vinculado.
Com um repertório variado, a Banda Movimento gravou "Espontaneidades" (2001) e Kufungissa (2003), dois álbuns que revelam a opção do grupo por uma estética da angolanidade que privilegia, na criação dos textos, o recurso às línguas nacionais.
Integram a Banda Movimento os músicos Chico Madne (teclas), um músico experiente, proveniente do conjunto SOS, o carismático Tedy Nsingui (guitarra solo), que fez parte dos momentos áureos do Inter Palanca, de Matadidi Mário Bwana Kitoko, Massoxi (percussão e vocal), que vem da Banda 21 de Janeiro da FAPA, Mias Galheta (guitarra baixo) e Correia Miguel (percussão), músicos que têm a marca da extinta Banda Zimbo, Kintino (guitarra ritmo), Romão (bateria) e Dom Caetano (vocal), figuras que trouxeram para a Banda Movimento as experiências dos Jovens do Prenda.
O músico Dom Caetano é uma das principais vozes da Banda Movimento, e tem interpretado as suas mais recentes criações, incluindo os grandes sucessos da sua carreira.

Tempo

Multimédia