Cultura

Admiradores saboreiam sons de Nelo Carvalho

Ferraz Neto

O acervo artístico de Nelo Carvalho vai ser esmiuçado ao pormenor por  fãs da música angolana hoje à noite durante a sua actuação no restaurante Embaixada dos Sabores, na estrada principal do Lar do Patriota.

Fotografia: Dombele Bernardo| Edições Novembro

Numa noite que se prevê de bom ambiente e de boa música, o autor da música “Mamã Falou” é o cartaz principal de um espectáculo restrito direccionado para os clientes daquela casa nocturna que tem vindo a ser uma das referências em termos de espectáculos na zona do Talatona e do Benfica.
Dono de um reportório invejável e nascido em Luanda a 9 de Março de 1959, o cantor e guitarrista construiu a sua carreira entre Angola e Portugal, tendo participado em várias bandas como África Tentação, Raízes e Duo Ouro Negro. Além de temas em português, Nelo Carvalho interpreta também em línguas nativas de Angola e em espanhol, como o “Merengue Angolano”, que canta com Debray.
Em 1975, em Portimão-Portugal, formou um duo com Chico Leite, tendo como modelo o Duo Ouro Negro, de Raul Indipwo e Milo MacMahon, que foi sempre uma influência do músico. Em 1978, passou a fazer parte do conjunto África Tentação, com o qual gravou os álbuns “Angola 79” e “Mulher de Angola”. Em seguida, formou, com Armindo Monteiro e Paulo Roberto Pimenta, o Trio Raízes. Em 1981, participou no espectáculo “Blackground” do Duo Ouro Negro.

Tempo

Multimédia