Alegria e emoção na

Manuel Albano |
25 de Julho, 2016

Fotografia: Dombele Bernardo

Uma viagem aos melhores temas dos músicos da nova geração, foi o que se observou com emoção e alegria, ontem à noite, em Luanda, no encerramento da “Festa da Música”, promovida pela Unitel, no Estádio Municipal dos Coqueiros.

O frio que se fazia sentir, próprio da estação de Cacimbo, não afugentou os milhares de espectadores, maioritariamente jovens, de marcar presença em força no local e vibrar com a música das estrelas ao seu melhor nível.
Cada um procurava o melhor ângulo para estar mais próximo do artista “mais querido”. O espectáculo já ia a meio e o público não parava de chegar. Tanto do ponto de vista da interpretação, como nas inovações coreográficas, os artistas apresentaram-se muito bem, a um nível do “show businness”.
Numa altura em que a tarde dava as boas-vindas à noite, o humorista Kotingo foi o primeiro a ser chamado para aquecer o pessoal com grandes risadas. Subiu ao palco por volta das 17h22 e não decepcionou, levando ao grande público algum humor mordaz sobre o quotidiano.
O fogo de artifício veio dar outro colorido ao festival, animado pelos músicos C4 Pedro, Calema, Pérola, Yola Araújo, Noite e Dia, Adi Cudz, Kalibrados, Bass, Mvula, Dream Boys, Zibo Ciborg, Zona 5 e Anna Joyce.
A organização esmerou-se e montou dois palcos para evitar atrasos na entrada dos músicos e, consequentemente, a troca das bandas. A organização criou mais do que um local de diversão para que a “Festa da Música” pudesse proporcionar intercâmbio cultural e local de lazer.
Yola Araújo disse ao Jornal de Angola, no final da sua brilhante actuação, ter sido uma oportunidade de ouro para estar próximo dos admiradores e sentir o carinho e reconhecimento do público pelo trabalho que tem desenvolvido há mais de uma década.
A kudurista Noite e Dia explicou que está a trabalhar para apresentar novidades, daí a razão da ausência dos holofotes da fama.

Festa da juventude

Por não existirem salas próprias no país para a exibição de espectáculos de tamanha dimensão, a contar pelo número de artistas seleccionados nos dois dias de espectáculo, o Estádio Municipal dos Coqueiros foi, mais uma vez, o local escolhido para concentrar o maior número de espectadores provenientes dos mais variadas bairros da cidade de Luanda.
Aquilo que se viu e ouviu ontem foi um grande concerto, com uma organização impecável, e uma forte interacção entre artistas e fãs. E não foi por acaso que no fim da actuação de cada músico ainda se ouviam por largos segundos fortes aplausos. Todos os artistas, independentemente da sua projecção mediática, foram merecedores do respeito e carinho do grande público presente nos Coqueiros. Foi surpreendente observar a vénia da plateia que esteve em grande número na “Festa da Música”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA