Angolanos dão espectáculo

Francisco Pedro |
2 de Dezembro, 2014

Fotografia: Cedida pela organização

O cantor Loromance foi o convidado inesperado do projecto “Ponte Cultural”, que decorreu no Miami Beach, na Ilha do Cabo, onde fez  um dueto com o israelita Ravid Kahalani. Sandra Cordeiro abriu o espectáculo desta edição com interpretação dos temas “Esquece”, “Um Beijo Teu”, “Luandense” e “Jiminina”.

Com uma viola de três cordas, o músico israelita fez também dueto com Sandra Cordeiro, interpretando o tema “Oxmo”, depois de ter interpretado “Gimbre fast”, no estilo “Yemen Blues”, que lhe deu fama mundial.  Outra surpresa da noite foi o semba interpretado pelo percussionista brasileiro Joca  Pergignan.
Sandra Cordeiro disse no final, que o projecto “Ponte Cultural”, organizado pela Fundação Arte e Cultura, abre portas da internacionalização aos artistas que participam. “Sair de Angola é a melhor forma de internacionalizar a música. É preciso realizar concertos noutras comunidades”, disse a cantora.
Durante o espectáculo, a cantora aproveitou para mostrar as raízes do kilapanga e da massemba, os seus géneros preferidos. A aproveitou para fazer fusões com afro jazz, reggae, word music e funk.
“A Ponte Cultural é uma forma de intercâmbio em que se aprende um pouco de tudo da cultura de Israel e do Brasil. Também mostramos a de Angola”, disse.
Agora, destacou, uma das suas preocupações é o tempo de trabalho em estúdio. Em Janeiro, Sandra Cordeiro viaja à África do Sul para a gravação de um disco.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA