Cultura

Artistas angolanos em destaque no prémio

Roque Silva

Nsoki, Anselmo Ralph, C4 Pedro e Big Nelo concorrem aos Prémios da Música Africana (All Africa Music Awards), cuja votação está aberta ao público desde ontem na página oficial do comité organizador (www.afrima.org).

Nsoki com o tema "Africa unite" tem a possibilidade de conquistar cinco troféus
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

O período de votação pública decorre até o dia 10 de Novembro, data da realização da gala de divulgação e entrega dos troféus aos artistas vencedores das 32 categorias em concurso, sendo 22 continentais e dez regionais, na cidade de Lagos, na Nigéria.
A presente edição promove uma vez mais um convívio entre distintos artistas com várias nacionalidades num único palco, num ambiente propício para troca de experiências e competição.
Anselmo Ralph, o nigeriano Wizkid e o maliano Oumou Sangare destacam-se entre os artistas da presente edição, pois são os concorrentes favoritos com o maior número de indicação,  num total de seis categorias.
O cantor romântico angolano está nomeado para Álbum do ano, com o disco “O amor é cego”, Artista/Grupo Africano Contemporâneo, com a canção “Por favor dj”, Artista Masculino do Centro de África, com “Casa comigo”, Compositor do Ano, Artista Feminino em Música Inspiradora, Melhor Artista/Grupo Africano de R&B e Soul, as três com a música “Ensina-me a amar”.
A seguir surge a dócil voz Nsoki que fruto da gravação da canção e vídeo clipe do tema “Africa unite”, tem a possibilidade de conquistar cinco troféus. A cantora ressurgiu em Abril com Dj Paulo Alves e o sul-africano Maphorisa, com o potente som no género afro house, música que lhe granjeou a indicação para Melhor Artista Feminina do Centro de África, Melhor Artista Feminina em Música Motivacional, Melhor Artista/Grupo Africano em Música Electrónica, Vídeo clipe e Revelação do Ano.
Com o tema “Love again”, participação de do queniano Sauti Sol, o músico C4 Pedro concorre para Melhor Colaboração, Melhor Artista/Grupo Africano de R&B e Soul e o produtor do vídeo clipe (Dj Marcel) está indicado para Melhor Director. O tema “O legado da lenda”, do álbum homónimo, da produtora B26, conquistou a organização que elegeu o intérprete, Big Nelo, como concorrente para Melhor Artista Masculino na África Central, Revelação do Ano, Artista/Grupo Africano de Rap, Artista Masculino do Centro de África.
O Prémio da Música Africana (All Africa Music Awards), instituído há três anos pela revista com a mesma designação em inglês, é uma plataforma usada para reconhecer, premiar, promover e preservar a riqueza cultural do continente africano.

Nsoki conquista continente
A voz de Nsoki ganhou notoriedade no continente africano, onde se destaca nos concursos que distinguem os artistas e actividades ligadas à música. Ao total, e fruto do tema “Africa unite”, publicado em Abril, a cantora conta com 12 nomeações em três prémios.
Nsoki está indicada para Artista Revelação, Artista Feminina do Centro de África e Artista Feminina da Lusofonia no Afrimma Awards e Music Festival, Revelação, Artista Feminina Palop, Single Feminino e Prémio Popularidade nos Prémios de Entretenimento Africano (African Entertainment Awards - AEA–USA), além dos cinco troféus que disputa nos Prémios da Música Africana (All Africa Music Awards).
Nsoki Neto, natural da província do Zaire, desde cedo participou em grupos corais e peças teatrais. Formada em Finanças, nos Estados Unidos de América, a artista cantava música lírica, nas vozes de soprano e mezzo soprano. Após o seu regresso a Angola decidiu gravar a sua primeira obra discográfica.

Tempo

Multimédia