Ary resume carreira em disco

Kátia Ramos |
20 de Agosto, 2016

Fotografia: Paulo Mulaza

O terceiro disco de carreira da cantora Ary, intitulado “Dez”, chega, hoje, ao mercado discográfico nacional, durante uma sessão de venda e autógrafos a realizar-se a partir das 8h00, na Praça da Independência, em Luanda.

O álbum “Dez”, que homenageia uma década de carreira da artista, comporta 16 faixas com diversidade rítmica, com particular destaque para os ritmos folclóricos, kizomba e zouk, confirmou a autora quinta-feira, em Luanda, durante uma conferência de imprensa.
A cantora disse que nos temas deste novo disco se apresenta mais ousada nos variados estilos musicais, como a tarrachinha, kuduro, afro-bits, semba  e balada. Produzido entre Angola, África do Sul e Espanha, o disco, que também é comercializado amanhã no Belas Shopping ao preço de mil kwanzas, conta com a participação especial de Baló Januário, que investe no ritmo folclórico do país.
O disco teve ainda a participação de Totó, Heavy C, Dvinx, Cleuton, Punidor e Eva Rap Diva, enquanto a masterização foi feita na Max estúdios e Sedrik Luís. A produção esteve a cargo da editora LS Produções.
Interpretados em inglês e quimbundo, os temas do CD “Dez”, que chegam hoje aos ouvidos dos admiradores da artista, depois do sucesso dos anteriores discos “Sem substituição” e “Crescida mas ao meu jeito”, trazem como destaque as músicas “Meu momento”, “Zero”, “FF”, “Festival”, “O mambo é meu”, Chocolate”, “Jindungo” e “Diva Ary”.  Ariovalda Eulália Gabriel, ou simplesmente Ary, conquistou o público com a sua simplicidade, ousadia em palco e simpatia. Com dez anos de carreira, a cantora já coleccionou vários sucessos e prémios.
Ary ganhou popularidade em 2007, com a música “Como te sentes tu”, que foi um marco para a sua carreira e estendeu o seu nível de alcance.  Já foi várias vezes indicada para inúmeros prémios, dentre os quais o Top dos Mais Queridos, que conquistou em 2014.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA