Bruna Tatiana canta na cidade da Praia


26 de Fevereiro, 2015

Fotografia: João Gomes

A cantora e compositora Bruna Tatiana está entre as convidadas dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) para a quinta gala dos Cabo Verde Music Awards, a 7 de Março na cidade da Praia.

Bruna Tatiana, cantora do tema “Eu Falhei”, junta-se a Stewart Sukuma, de Moçambique, Ali Angel, das Antilhas, e Luís Represas, Portugal, numa iniciativa que distingue os melhores músicos, grupos, cantores e produtores cabo-verdianos.
Segundo um comunicado da organização, esta é a primeira vez que a cantora angolana actua em Cabo Verde e isso “promete trazer os ritmos da kizomba ao palco, mas também outros estilos e surpresas”.
A organização descreve Bruna Tatiana como “uma das mais promissoras vozes da nova música angolana, dona de uma sedutora voz”, sendo a primeira vez que a jovem angolana actua em Cabo Verde, “trazendo os ritmos da kizomba ao palco da festa da música cabo-verdiana”.
Bruna Tatiana nasceu no Lobito, província de Benguela. Filha de pai músico, cresceu a ouvir as vozes e os ritmos de Aretha Franklin, Percy Sledge, Otis Reding, Louis Armstrong, entre outros grandes nomes da música internacional. Por isso, não esconde as influências do soul e r&b na sua música. Formou-se em Artes Musicais no Montgomery College, nos Estados Unidos.
A 5ª Gala dos Cabo Verde Music Awards tem um total de 57 nomeações e 19 categorias, menos duas do que no ano passado, e conta com a participação de 33 artistas, músicos, intérpretes, compositores e produtores. Os cantores Jorge Sena e Dynamo somam o maior número de nomeações, quatro. Jorge Sena, natural do Fogo e antigo vocalista do “Bokarron”, está indicado para Melhor Morna (“Raquel”), Melhor Coladeira (“Sonhu”), Melhor Música Tradicional cabo-verdiana (“Saburadi Djar Fogo”) e Melhor Disco do Ano (“Sena d’Oru”).
Dynamo, de nome próprio Eder dos Santos e natural do Sal, está nomeado com a música “Princesa” (Djodje e RickyBoy), para Melhor Kizomba e Música Popular do Ano, e com o álbum “One” para Disco do Ano e Melhor Intérprete Masculino.
Com três nomeações aparecem Rui Cruz, Legemea, Jennifer Soledad e o grupo Rapaz 100 Juiz, seguidos dos artistas e grupos Elji, AfricaRainbonw, Mito, Elaine Silva, Eddu, Élida Almeida e Djodje, com duas nomeações cada.
Elida Almeida, Elaine Silva e Legemea concorrem ao prémio de Artista Revelação. Para Melhor Intérprete Feminina estão nomeadas Carmen Sousa, Élida Almeida e Jennifer Soledad e para Melhor Intérprete Masculino Djox, Dynamo e Rui Cruz.
Cabo Verde Music AWards é  um concurso de músico que tem como objetivo a promoção dos artistas cabo-verdianos, com enfoque no impulso ao incremento da indústria musicalde Cabo Verde, concretiza-se através de realização de edições anuais, tendo em vista a criação de espaços viabilizadores de consagração e reconhecimento dos intervenientes que mais se destacaram durante o período em apreciação.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA