Cultura

Calou-se a voz de Zé do Pau

Zé do Pau, autor do sucesso musical “Páginas Rasgadas do Livro da Minha Vida”, morreu ontem, às 4h30, no Hospital Geral de Luanda, por doença, depois de 27 dias internando naquela unidade hospital, confirmou ontem ao Jornal de Angola, o seu director-geral Carlos Zeca.

Zé do Pau morreu ontem no Hospital Geral de Luanda
Fotografia: DR

Segundo o director-geral do Hospital Geral de Luanda, o músico padecia de um cancro nas cordas vocais (laringe) no estado terminal e AVC, dando entrada naquela unidade hospital em coma, quadro que foi invertido cinco dias depois quando Zé do Pau foi transferido para os cuidados intensivos.
“É o facto triste para todo a equipa médica porque o músico Zé do Pau estava a recuperar muito bem e já pensamos em transferi-lo a partir do dia 3 de Janeiro para o Centro Nacional de Oncologia” lamentou o Dr. Carlos Zeca.
O director-geral do Hospital Geral de Luanda adiantou que o músico, que tinha sido submetido em 2013 a uma intervenção cirúrgica na garganta, na África do Sul, regressou ao país em 2015 com a intenção de voltar às terras sul-africanas no mesmo ano, o que não aconteceu por questões financeiras, de acordo com os familiares. 
Paulo Ferrão, um dos filhos do artista que avançou à Angop que neste momento estão a tratar das questões burocráticas e tão logo sejam resolvidas vai ser anunciada a data das exéquias.
José Farto Marques Airosa Ferrão, mais conhecido por Zé do Pau, é autor do sucesso musical “Páginas Rasgadas do Livro da Minha Vida”.

Tempo

Multimédia