Cultura

Cantor MC Cabinda lidera as indicações

Roque Silva |

“MC Cabinda” lidera as indicações da segunda edição dos Prémios de Hip Hop de Angola (Angola Hip-Hop Awards), que distingue anualmente fazedores dos géneros de música rap e r&b.

O cantor parte com seis nomeações para votação pública on-line, na gala do dia 15 de Julho, no espaço Lookal, na Ilha do Cabo, em Luanda, onde são anunciados os vencedores e atribuídos os troféus referente as 17 categorias em concurso.
Para esta edição, em que as votações terminam um dia antes da gala e estão em concurso os cantores que tenham publicado conteúdos de áudio e vídeo a partir de Julho do ano passado, Francis está indicado nas categorias de Single e Estrofe do ano, com tema “Baza”, Mixtape/EP, com o disco “VIP”, Liricista, Cantor Masculino e Artista Mais Valioso. Detentor do maior número de troféus, atribuídos nos últimos anos em vários prémios, aos fazedores deste género musical, com maior mercado nos Estados Unidos, o integrante do grupo Elenco de Luxo é o favorito devido a boa aceitação que tem no mercado.
Os elogios da crítica aos discos “Filho da Vitória”, de Dji Tafinha, “A força da natureza”, de Extremo Signo, e “EVA”, de Eva Rap Diva, valeram quatro indicações para cada um dos cantores.
Os três concorrem para Cantor do Ano, Artista Mais Valioso e Estrofe, e Dji Tafinha segue para Álbum. Extremo Signo e Eva são opositores na categorias referente ao Single do Ano, enquanto o cantor está igualmente indicado para Mixtape/EP e Eva, a segunda voz feminina nacional.

Tempo

Multimédia