Cultura

Cantores homenageiam a cidade de Luanda

Cantores e instrumentistas subiram, no sábado, ao palco do Palácio de Ferro para participar num concerto denominado “Cantar Luanda”, que serviu para celebrar os 442 anos da cidade capital, comemorado no passado dia 25.

Canções de Matias Damásio interpretadas no concertos
Fotografia: Santos Pedrol | EDIÇÕES NOVEMBRO

O concerto abriu com Toty Samed,  interpretando um tema de Carlitos Vieira Dias, com o título “Canto a Luan­da”. A festa seguiu com Anabela  Aya, com a música “Lu­-
anda mbolo”,  de Lilly Tchi­umba, que arrancou forte ovação dos presentes.  
Com a casa completamente cheia, Toty Samed e Sandra Cordeiro foram convidados a interpretar um tema de Bonga, “Lua da banda”, e Irina Vasconcelos cantou o tema “Luanda”, dos Irmãos Cafalas, e “Amanhã”, do Duo Ouro Negro,  demostrando uma forte capacidade vocal.
Sandra Cordeiro voltou ao palco para interpretar um tema de Matias Damásio, “Luanda”. Dino  Ferraz  interpretou  os  temas “Luanda tropical”, de Lindo Mona,  e “Lua Luanda”,  de Hélvio, enquanto Gari  Sinedima cantou “Semba para Luanda”, de Paulo Flores, e “Luanda meu semba”, de Né Gonçalves.
Toty Samed e Anabela Aya fizeram dueto no tema “Ma­nhã de domingo”, de Ruca Van Dúnem, e para finalizar, Anabela Aya e Irina Vasconcelos recordaram Teta Lando, no  tema “Eu vou voltar”. 
No final do concerto foram declamadas poesias com Nicolau Santos, adaptadas  de temas de alguns cantores angolanos, com destaque para Eduardo Paim, Filipe Mukenga , Carlos Burity, André Mingas e Nelo de Carvalho.
Ainda para saudar as festividades da fundação da cidade de Luanda, a Marginal da Praia do Bispo acolheu a primeira edição do “Festishow Cidade de Luanda”, nos dias 25 e 26.
Os espectáculos contou com a participação de 32 cantores, em alusão aos 442 anos de existência da capital, e foi organizado  pelo distrito urbano da Ingombota, com cantores de várias  gerações e estilos.

Tempo

Multimédia