Christine and the Queens em destaque


20 de Fevereiro, 2015

Fotografia: Reuters

Christine and the Queens e Julien Doré venceram o prémio Artistas do Ano dos Victoires de La Musique, dos mais importantes galardões da indústria musical francesa, cuja cerimónia se realizou em Paris.

Favorita, com cinco nomeações, Christine and the Queens, recebeu mais dois Victoires, os de Intérprete Feminina e Videoclipe do Ano por Saint-Claude.
O ano passado foi em grande para a arista, que lançou o álbum Chaleur Humaine e brilhou em vários espectáculos em combinações de música, performance, videoarte e fotografia.
Apesar de pouca conhecida fora do país, a sua música, entre a canção francesa e a pop electrónica, tem condições para seinternacizar.
 “Quero agradecer à Christine, o nome que adoptei para cantar, escrever e dizer coisas que nunca ousava dizer”, disse a cantora de 26 anos, no discurso de agradecimento.  Christine é um pseudónimo. Héloise Letissier é o seu verdadeiro nome. Julien Doré, 32 anos, que lançou há pouco o primeiro álbum ao vivo, homenageou no discurso da vitória a duas figuras que lhe mudaram a forma de pensar: o astrofísico Hubert Reeves e o ensaísta Pierre Rabhi. 
As novas gerações de artistas foram também premiadas. O duo The Do, vencedor na categoria de Melhor Álbum Rock, com o tema “Shake, Shook, Shaken” e Benjamin Clementine, que acabou de lançar o disco “ Least For Know”, na de Revelação ao Vivo.
O prémio de Melhor Canção Original foi para “Un Jour au Mauvais Endroit”, de Calogero, e o de melhor espectáculo musical num contexto de digressão para “Stromae”, o grande vencedor da edição anterior.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA