Concerto põe Coqueiros ao rubro

Roque Silva|
29 de Dezembro, 2014

Fotografia: Dombele Bernardo

Mais de 20 músicos nacionais desfilaram no palco do Estádio dos Coqueiros, no tradicional concerto “Show da Virada”, com votos de felicidade e prosperidade a 20 mil pessoas que encheram as bancadas e a relva do estádio de futebol.

Os artistas desejaram um feliz 2015 aos que tornaram memorável o espectáculo e aplaudiram durante mais de cinco horas todas as performances, sem distinguir qualquer género musical.
Alguns músicos emocionaram a plateia com louvores e palavras de conforto.
Sinal mais para os artistas que foram acompanhados por bandas. Ary, Yola Araújo, Puto Português, Titica e Chelsy Shantel foram acompanhados pelo conjunto Da Banda e emprestaram uma grande qualidade sonora ao concerto produzido pela LS Republicano.
Yuri da Cunha e a sua banda também mostraram como se deve apresentar em palco. Com muita animação, danças e improviso à mistura, receberam inúmeros aplausos da plateia. Os Tuneza garantiram momentos de humor satirizando homilias e a poligamia. Antes desfilaram artistas em playback. Muitos viram a sua performance hipotecada por culpa do ruído.
A dada altura não se percebia o que o artista estava a dizer pois cantavam por cima da voz da música original. Mas no final valeu a animação. B4, Força Suprema, Nagrelha, Pérola, Yannick Afroman, Cage One, Mauro Pastrana, Zona 5, Leo, Rey Loi, Mestre Dangui, Bruno King, Milionário Boys, Yud Fox, The Groove, Eva Rap Diva e Carliteira foram igualmente muito aplaudidos. Os Detroia tiveram uma actuação polémica. Um dos elementos do grupo proferiu palavras obscenas porque o público não vibrou com as suas músicas e de imediato foram arremessados inúmeros objectos para o palco.
O concerto foi animado por DJ Callas, Darcy, Kapiro, Djeff Afrozilla e Malvado Jr. Minutos antes do fim do concerto (1h20 da madrugada de ontem) ainda havia pessoas nas filas para entrar.
O recinto estava esgotado  antes mesmo do início (19h45) e já havia uma enorme fila de dois quilómetros. Os portões foram abertos às 16h00, para permitir o acesso sem sobressaltos. A essa hora o movimento nos arredores já era notável.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA