Concurso reduz categorias

Roque Silva|
29 de Janeiro, 2016

Fotografia: Santos Pedro

A organização do concurso Angola Music Awards (AMA) reduziu para 20 o número de categorias desta edição, devido a pouca produção registada em 2015, anunciou ontem ao Jornal de Angola o responsável do projecto.

Daniel Mendes informou que deixam de ser 25 categorias, porque as categorias música do Norte, Sul, Leste e Centro de Angola passam agora a ser uma única, melhor música popular regional. As categorias música de ouro e mais pedida foram eliminadas.
A eliminação destas categorias, explicou, ocorre devido a pouca gravação de músicas e um número reduzido de lançamento discográficos, de Janeiro a Dezembro de 2015. Em relação a categoria música de Ouro, onde são premiados músicos das décadas de 60 e 70, a sua eliminação mostra que os artistas desta geração têm dificuldades para gravar discos. As demais categorias álbum e música do ano, melhor grupo, artista, DJ, o mais votado na Internet, videoclipe, produtor musical, afro jazz-world music, r&b-soul, kuduro, afro-house/dance, rap-hip hop, gospel, semba, kizomba e o prémio Carreira continuam a existir.
As alterações, explicou o responsável, acontecem apenas este ano e caso o número de discos e trabalhos lançados este ano seja o suficiente as categorias eliminadas podem voltar a ser incluídas na próxima edição.
Os músicos interessados em participar na IV edição do Angola Music Awards (AMA) devem fazer a sua inscrição até domingo, na página oficial da Internet do concurso, (angolama.com). Para se inscrever, o músico ou grupo deve ter o seu trabalho (um CD, uma canção ou um videoclipe) lançado de Janeiro a Dezembro de 2015.
A edição passada foi realizada na Lunda Sul e teve como vencedor a cantora Yola Semedo, que conquistou as categorias melhor álbum do ano, com o CD “Filho Meu”, artista feminina, semba e Kizomba do ano.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA