Contributo de Mamukueno foi destacado pela ministra


27 de Agosto, 2014

Fotografia: Eduardo Pedro

A ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, destacou ontem em Luanda, o contributo do músico Mamukueno na afirmação do cancioneiro angolano e o apoio à nova geração de artistas nacionais.

Em nota de condolências endereçada à família, a ministra frisa que como compositor e intérprete, Mamukueno foi um dos músicos que ao longo da sua carreira deu o melhor de si em prol da afirmação do cancioneiro angolano, destacando as suas qualidades de compositor e a sua disponibilidade para colaborar e ajudar na afirmação das novas gerações.
A Comissão Directiva da UNAC afirmou, em comunicado, que Mamukueno foi um irrepreensível cultor do Semba e faz parte da plêiade de artistas que, nos momentos mais conturbados se bateu com perseverança pela reafirmação da música popular angolana.
O músico José Matias “Mamukueno” morreu sábado, em Luanda,  e vai a enterrar hoje, às 10h00, no cemitério do Alto das Cruzes. O artista é o autor de “Memória de Mamukueno” (2005) e “Ezakungiamba” (2006) e “Tambuleno” (2009). A sua primeira aparição em público aconteceu em 1966, como vocalista do grupo “Estrela Negra”. O seu último disco “Nga Sakidila” foi lançado em 2013.
Mamukueno nasceu no dia 5 de Outubro de 1946, em Luanda, onde iniciou a sua carreira musical.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA