Cultura

Disco de Tito Paris em breve no mercado

Tito Paris, o grande embaixador da música cabo-verdiana, apresenta novo disco de originais, com as participações especiais de Bana, Boss AC e Zeca Baleiro, no próximo dia 18 de Novembro, a partir das 21h30, no Coliseu de Lisboa, após 15 anos.

Tito Paris
Fotografia: Edições Novembro

O Coliseu de Lisboa vai ser palco de um dos mais bonitos concertos do ano. Tito Paris, a grande voz da música cabo-verdiana, apresenta dia 18 de Novembro no Coliseu de Lisboa o tão aguardado álbum de originais “Mim ê Bô”, editado no passado dia 23 de Junho. O sucessor de “Guilhermina” (2002) entrou directamente no TOP 10 dos discos mais vendidos em Portugal, onde se manteve irredutível ao longo de três semanas.
O filho querido de Cabo Verde, apresenta uma obra multicultural, onde cabe todo o imenso mundo lusófono, todas as influências e vivências do mais recente Comendador da Ordem do Mérito de Portugal. “Mim ê Bô” foi feito com a devida calma, sem pressões, pois “um disco é uma obra de arte, é um trabalho que fica para lá do tempo de vida do seu autor”, explica Tito Paris.
O disco “Mim ê Bô” ilustra a diversidade cultural que tem acompanhado a sua vida, com profundas raízes cabo-verdianas e de laços muito fortes a Portugal, Angola, Moçambique, Brasil e outros países de língua portuguesa.
O disco é composto por 13 temas, com o selo da Ruela Music e distribuição da Sony Music,  onde se pode ouvir a voz rouca e inconfundível de Tito Paris que preserva as suas raízes ao cantar em crioulo.
“Mim ê Bô”, o single de apresentação e que dá ainda nome a este disco.

Tempo

Multimédia