Cultura

Jornalistas cantam em convívio musical

Manuel Albano |

Homenagear os profissionais da Comunicação Social com mais de 30 anos de carreira é um dos objectivos do encontro mensal “Menha a Ndungo”, cuja primeira edição, realizada, domingo, em Luanda, descobriu novos talentos musicais.

Dom Caetano
Fotografia: DR

Para surpresa do dia, a jornalista Tatiana Reis, da Zimbo, subiu ao palco e interpretou  uma das músicas de Yola Semedo. Num ambiente descontraído,  demonstrou o seu talento “oculto”, que mereceu muitos aplausos dos colegas de diferentes empresas públicas e privadas.
Promovido pela Wanguizuba Geral, um grupo de jornalistas, o encontro visa, tam-
bém, juntar a classe valorizando os jornalistas  através de convívio. Nesta primeira edição, foram homenageados Mário Inácio e Carlos Araújo, ambos da Luanda Antena Comercial (LAC).
Toni do Fumo Filho interpretou i “Monami”, “Rumba Calumba”, “Kikola”, “Ma-lamba”, “Nginginda” e “Akamukua” e “Kiezos”.
Revisitou as canções “Mãe Kya”, “Kya Muxingue” e “Nga Mubanza”, “Mamã” do disco “Parabéns Toni do Fumo”. Dom Caetano, que já exerceu jornalismo na Angop, brindou os ex-colegas com “Adeus à Hora da Partida”, “Diala dya Hongo”, “Tia”, “Nova Cooperação” e “Vizinho”. O cantor disse ao Jornal de Angola que a classe jornalística está de parabéns pela iniciativa, que permite criar união entre os fazedores de opinião, que contribuem para o desenvolvimento do movimento cultural nacional.

Tempo

Multimédia