Cultura

Kyaku Kyadaff vence prémio internacional

Roque Silva

Em 18 anos de carreira, Kyaku Kyadaff entra para o leque de artistas angolanos com reconhecimento internacional, ao arrebatar o troféu de Melhor Artista Lusófono, na V edição dos prémios African Muzic Magazine Awards e Music Festival (Afrimma).

 

Fotografia: DR

O artista recebeu o primeiro troféu internacional no domingo, durante a gala de divulgação dos vencedores do concurso anual que decorreu na cidade de Dallas, no Texas,  Estados Unidos.
Kyaku Kyadaff bateu a concorrência de Yola Semedo, C4 Pedro, Anselmo Ralph, Preto Show, Puto Português, os cabo-verdianos Nelson Freitas e Maira Andrade, Calema (São Tomé e Príncipe) e Mr. Bow (Moçambique).
Cantor e compositor, que venceu dois dias antes o Top dos Mais Queridos edição 2018, com o tema “Mónica”, esteve igualmente nomeado para Melhor Voz Masculina do Centro de África, mas acabou por perder para o cantor congolês Fally Ipupa, que se destacou nesta edição dos prémios de música africana ao conquistar três troféus, sendo os outros dois Liderança na Música e Artista do Ano.
A edição deste ano teve 13 artistas angolanos nomeados, sendo que além dos nomes já referidos constam ainda Nerú Americano, Nsoki, Ed-mázia, Miguel Buila, The Groove, B26 e DJ Hélio Baiano.
O júri avaliou trabalhos de mais de 300 artistas africanos, residentes no continente e além-fronteiras, cujos trabalhos foram divulgados de Novembro do ano transacto até Junho deste ano.
A melhor representação dos angolanos, desde a primeira edição do Afrimma em 2014, data de 2017, com C4 Pedro e Nsoki a conquistarem três troféus cada.
Instituído pela revista “Afri-mma”, com sede nos Estados Unidos, o African Muzic Ma-gazine Awards premeia os profissionais africanos da mú-
sica com o intuito de valorizar e expandir o seu trabalho na diáspora.

Governo do Zaire felicita
O Governo do Zaire felicitou o músico Kyaku Kyadaff, vencedor do Top dos Mais Queridos edição 2018.

 

 

Tempo

Multimédia