Lokua Kanza canta na Baía

Manuel Albano |
24 de Outubro, 2015

Fotografia: AFP

O músico congolês democrático Lokua Kanza é o destaque da II edição do projecto “Jazzing”, que é realizado dia 29, às 20h00, na Baía de Luanda, e tem ainda como atractivo a cantora angolana Selda e o artista alemão Ayo.

O objectivo, explicou a assessora de imprensa da Showbiz, promotora do espectáculo, é mostrar novas propostas rítmicas, criadas por estes artistas a partir da diversidade de ritmos dos seus países.
“São dois jovens talentos que vão dividir o palco com uma das vozes conceituadas da música congolesa. É também uma oportunidade de apresentar outros estilos e as várias fusões propostas por estes criadores na maioria das suas composições”, disse Indira Mateta.
A maioria destes artistas, adiantou, tem como base nas suas criações o jazz, mas têm feito um trabalho incrível, no campo da fusão de outros ritmos a este estilo, “ao ponto de conseguirem conquistar um lugar nos mercados discográficos dos seus países”.
Indira Mateta informou ainda que o espectáculo procura resgatar e divulgar os ritmos africanos existentes dentro do jazz. “É um estilo com origens em África, que foi levado à América pelos escravos. Portanto, nada mais justo do que procurar recuperá-lo e trazê-lo de volta às suas origens com projectos como o ‘Jazzing’”, justificou.
A riqueza e diversidade das línguas africanas, destacou, também são um dos focos desta edição do projecto. “É preciso mostrar, especialmente aos jovens, a grandeza da cultura africana e a dimensão que esta pode alcançar quando usada na música. Lokua Kanza é um exemplo disso. Ele usa o lingala, swahili e kinyarwanda nas suas canções.”
O artista Ayo, acrescentou, é um talento que traz na sua música a diversidade de suas raízes, com influências do soul, folk e reggae jamaicano. Canções como “Down on my”, “Help is Coming”, “Life is Real”, “I’m gonna dance”, “Who”, “Slow slow”, “Better days” e “I want you back” são algumas das suas criações de sucesso no mercado.
Apesar de ser uma jovem a dar os primeiros passos na música, Selda, disse, conseguiu,  com canções onde explora os costumes e a diversidade cultural angolana, conquistar um espaço no mercado nacional.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA