Martinho da Vila volta aos discos


28 de Agosto, 2016

Fotografia: AFP

O cantor brasileiro Martinho da Vila voltou aos discos nove anos depois com “De bem com a vida”, que o próprio considera ser “para ouvir e não para dançar”.

“Todo o meu disco tem um conceito e, depois de tanto tempo sem trazer novas músicas, optei por fazer um disco para se ouvir, para quem gosta de apreciar a musicalidade. A maioria das músicas têm apenas violão, cavaquinho e pouquíssima percussão”, explicou Martinho. A ideia, segundo o sambista, é reproduzir o clima do seu primeiro disco, lançado em 1969. “Naquela época não tínhamos muita parafernália para gravar e o resultado foi óptimo. Mas, logo no segundo LP (Meu Laiaraiá– 1970), meti orquestra. Foi uma revolução”, explicou o cantor que tem mais de 50 anos de carreira.
Produzido por André Midani, ao longo das 14 faixas, “De bem com a vida” traz um repertório inteiramente da autoria do cantor com um leque bastante amplo de parcerias. Se, por um lado, parceiros tradicionais como Zé Katimba e João Donato se fazem presentes, compositores como Geraldo Carneiro, Ivan Lins, Francis e Olívia Hime e Carlinhos Vergueiro também assinam canções em conjunto com Martinho. Em consonância com a nova geração do samba, o compositor também assina “Samba sem letra”, em parceria com Marcelinho Moreira e Fred Camacho.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA