Mercado africano é prioritário para o artista


7 de Fevereiro, 2015

O músico Kiaku Kiadaff manifestou em Mbanza Congo, província do Zaire, o interesse de continuar a trabalhar para que a sua música atinja o mercado africano e internacional.

O compositor manifestou este desejo à Angop, à margem da sessão de venda e assinatura de autógrafos do seu primeiro disco, com o título “Se Hungwile”, que contém 12 temas em português, kikongo e uma miscelânea de francês e inglês. “O maior interesse de Kiaku Kiadaff é tornar-se um músico de renome africano e por isso deseja promover o seu trabalho a nível internacional, portanto, é isso que vai continuar a fazer”, enfatizou.
Kiaku Kiadaff disse que acredita que este disco vai ter muita repercussão a nível do país e internacionalmente, tendo revelado que recebeu há dias um emissário do músico do Congo Democrático “Fally Ipupa”, que veio propositadamente a Angola para adquirir a sua obra discográfica “Se Hungwile”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA