Ministério garante condições

Mário Cohen |
1 de Julho, 2014

Fotografia: Paulo Mulaza

A ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, garantiu ontem, no Centro de Conferências da Baía de Luanda, que estão criadas todas as condições para a realização condigna da segunda edição do Festival Nacional de Cultura (FENACULT), de 30 de Agosto a 20 de Setembro.

O Festival, que decorre sob o lema “A Cultura como factor de paz e desenvolvimento", vai levar a todo o país o melhor das produções artísticas nacionais, como uma forma de valorizar os artistas e os seus produtos.
Rosa Cruz e Silva disse que, pela grandeza do Festival, o mesmo não pode ser visto como uma iniciativa do Ministério. “É um projecto direccionado principalmente para o público, de forma que este conheça mais sobre as artes angolanas", referiu.
A ministra acrescentou que o FENACULT é também uma oportunidade para os jovens talentos obterem mais experiências. “Vamos realizar um Festival abrangente, capaz de abordar vários temas relacionados com a cultura e as artes nacionais. Portanto, temos uma agenda vasta de programas, que vão desde exposições a espectáculos artísticos e feiras do livro", disse.
O responsável da comissão preparatória do FENACULT, Jorge Gumbe, esclareceu que um dos objectivos da actividade é prestar homenagem ao Presidente da República, José Eduardo dos Santos, pelo seu empenho e dedicação na valorização das artes e saudar mais um aniversário do “Poeta Maior", António Agostinho Neto, cuja obra é até hoje uma referência para os jovens escritores.
Um dos objectivos é também promover o consumo e a valorização dos bens culturais nacionais, através da criação de redes culturais, a nível nacional e internacional e a criação de novas linguagens artísticas.
Os resultados da aplicação de políticas para a cultura e da execução dos investimentos públicos neste sector vão ser também avaliados durante o FENACULT, em colóquios e conferências.
O aumento do turismo cultural, o papel da cultura como factor de desenvolvimento e a promoção do intercâmbio entre as diversas matrizes culturais, através da participação de artistas e grupos das diferentes localidades do país fazem parte da estratégia do Festival.
Espectáculos de música, dança e teatro são parte essencial do programa de actividades do FENACULT, assim como as exposições de artes plásticas, os lançamentos de livros e de discos, a apresentação de filmes e desfiles de moda. 
A primeira edição do FENACULT foi realizada em 1989 e ajudou a dar outro alento à cultura e às artes angolanas, apesar do conflito armado existente na altura no país.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA